COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

VARÍOLA DOS MACACOS: penitenciária de Limoeiro tem quatro casos suspeitos da doença

Pacientes são homens e não têm histórico de viagem para países endêmicos

Cinthya Leite
Cadastrado por
Cinthya Leite
Publicado em 04/08/2022 às 12:01 | Atualizado em 04/08/2022 às 19:06
CDC/REPRODUÇÃO
Antes de manifestar lesões na pele, a doença costuma apresentar febre, cansaço e dor de cabeça - FOTO: CDC/REPRODUÇÃO
Leitura:

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) informa que recebeu a notificação de quatro casos suspeitos de varíola dos macacos na Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, localizada na cidade de Limoeiro, no Agreste do Estado. Na atualização da última semana, Pernambuco já totalizada 19 notificações. Entre elas, sete casos estavam confirmados. A SES diz que o balanço semanal com as novas informações e dados sobre a doença será repassado ao longo desta quinta-feira (4). 

Na penitenciária de Limoeiro, os reeducandos com sintomas da varíola dos macacos têm entre 19 e 28 anos, estão em isolamento na enfermaria da unidade prisional. Eles já realizaram testes para detecção da varíola dos macacos e infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como também a coleta de exames para realização do diagnóstico laboratorial de outras doenças, como varicela.

"As amostras coletadas serão encaminhadas para o Laboratório de Enterovírus da Fiocruz/RJ, referência para o diagnóstico de monkeypox, e para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), que realizará a investigação para outras enfermidades", diz, em nota, a SES. 

"Como medida preventiva, até que se tenha o diagnóstico definitivo dos casos, o pavilhão onde os reeducandos estavam ficará isolado. Além disso, a direção da Penitenciária já realizou busca ativa em toda a unidade e a vigilância epidemiológica do município, com apoio técnico da 2ª Gerência Regional de Saúde (Geres), também vai monitorar os contatos próximos desses pacientes", acrescenta a pasta. 

Comentários

Últimas notícias