Medina e Jadson classificados para as oitavas em Noronha

Publicado em 22/02/2019 às 19:11
NE10
FOTO: NE10
Leitura:
Jadson André com fortes manobras chega as etapas finais. Foto: Alexandre Gondim/Blog do Surfe

O quarto dia de competição do Oi Hang Loose pro Contest, QS 6000, que esta sendo realizado em Fernando de Noronha apresentou as piores condições do mar, desde o início do evento, que provocaram o maior intervalo na competição.

Mesmo em condições difíceis Gabriel Medina  disputou sua bateria optando pelas manobras aéreas já que um bom tubo era raridade hoje. O português Miguel Blanco que estava sendo muito elogiado pelo seu "power surf "não consegui repetir uma boa atuação e foi desclassificado

"A maré estava seca e meus adversários eram bons, fique feliz de achar as ondas certas, eu tinha de aproveitar ao máximo cada onda para fazer muitas manobras. Eu gosto de vir a esta praia, é um lugar especial. Se eu estiver focado vai ser difícil ganhar de mim, porque vou fazer de tudo para ir a final, meu foco ajuda muito. Nos eventos do CT eu levo mais a sério porque meu objetivo é ser campeão mundial, o QS é bom para aquecer, e melhor ainda voltar a Noronha" falou o bicampeão mundial

Hoje foi o dia do surfe acrobático de Gabriel Medina. Foto: Alexandre Gondim/Blog do Surfe

No segundo confronto do quarto ˜round" o potiguar Jadson André voltou a mostrar sua garra e a vontade de chegar a final quando encontrou, provavelmente, o único tubo do dia, que lhe rendeu a noto 8,77, a maior nota das baterias da quarta fase disputadas hoje. Virou a bateria para primeiro lugar, afastando a possibilidade de enfrentar o bicampeão mundial Gabriel Medina, que seria seu adversário na próxima fase caso ele tivesse classificado-se em primeiro lugar na sua bateria.

Nem tudo é perfeito na Cacimba do Padre. Foto: Alexandre Gondim/Blog do Surfe

Amanha, 23/02, entrar?o no mar as quatro últimas baterias da quarta fase, na última bateria ítalo Ferreira tentará sua classificação para as oitavas de final que serão disputadas com baterias homem-a-homem.

Logo na primeira bateria Medina enfrentará o americano Nolan Rapoza. Logo após será a vez de Jadson contra  o australiano Reef Heazlewood. Em seguida entrara no mar  Thomas Hermes e o sul-africano Adin Masencamp.  E na última, já definida , Miguel Pupo terá como adversário o americano Cam Richards.

Veja como foi o quarto dia de competiç?o:

O evento está se afunilando e as emoções estão garantidas para amanhã, 23/02, com a previsão de melhora do mar para o domingo, 24/02. Acompanhe por aqui..

                                           

Últimas notícias