Surfe liberado nas praias cariocas

Alexandre Gondim
Alexandre Gondim
Publicado em 02/06/2020 às 18:52
Notícia
DANIEL RESENDE
RJ - CLIMA-TEMPO-PRAIAS - GERAL - Movimento na praia de Ipanema no Rio de Janeiro (RJ), nesta terça-feira (02), quando inicia-se a primeira fase da flexibilização das medidas de isolamento social no Rio de Janeiro. 02/06/2020 - Foto: DANIEL RESENDE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - FOTO: DANIEL RESENDE
Leitura:

O carioca voltou a surfar nesta segunda-feira, 2/6, e os picos do Rio de janeiro ficaram lotados de surfistas carentes de ondas.
O prefeito Marcelo Crivella liberou o surfe junto com caminhadas no calçadão e as atividades esportivas individuais no mar, como natação ou surfe. Mas ficar na praia e mergulho ainda esta proibido. Porém a prefeitura ressaltou que as medidas poderão ser adiantadas ou adiadas, de acordo com a capacidade da rede hospitalar de absorver casos de Covid-19. Para isso, o monitoramento dos infectados, de óbitos e de leitos disponíveis será diário.
O Rio segue o exemplo de outros Estados que já estão com seus surfistas dentro d’água, como a Paraíba, Santa catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.
Enquanto isso em Pernambuco o surfe continua proibido, mesmo em praias que não ocorrem aglomerações. A Federação Pernambucana de Surf encaminhou à prefeitura de Ipojuca, município onde esta localizado diversos picos de surfe entre eles Maracaípe e Cupe, praias que já foram palcos de diversas etapas de campeonatos, estaduais, nacionais e internacionais, pedindo a liberação das praias para os treinos salientando que o surfe é uma prática esportiva individual.
Continuamos esperando o momento de volta ao mar .
Aloha! Saúde!

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias