Arquivo de folclorista Alan Lomax disponibilizado online

Publicado em 25/08/2013 às 19:58
Leitura:
alan lomax nos anos 70 Alan Lomax (1915/2002) a partir de 1930 iniciou um garimpo na música folk americana, do blues do deep south aos yodel dos Apalaches, formando um dos maiores repertórios que se conhece de um único pesquisador (acrescente-se a isto, os arquivos do pai dele,o também folclorista John Lomax). Músico, ativista, descobridor de nomes com Leadbelly, de quem produziu o seminal Midnight special and  other southern prison songs, Lomax além de gravar músicos fundamentais como Woody Guthrie, ou Big Bill Broonzy, entrevistou centenas de artistas conhecidos e desconhecidos, inclusive cidadãos comuns. Para a Biblioteca do Congresso dos EUA, produziu uma uma série de discos que influenciou os músicos que abraçaram a folk music nos anos 60, de  Burl Ives a Bob Dylan. Como produtor realizou concertos antológicos pelos EUA. Os arquivos de Alan Lomax foram digitalizados e disponibilizados online pela Association for Cultural Equity, entidade fundada por Lomax em 1980. São 17400 peças, entre canções, entrevistas, uma preciosidade para pesquisadores e interessados na música folk dos EUA, e de vários países mundo, porque Lomax não restringiu seu trabalho aos Estados Unidos. O link para se chegar ao centro de pesquisa da  Association for Cultural Equity: http://research.culturalequity.org/home-audio.jsp Confiram o blueseiro Son House, gravado por Alan Lomax, nos anos 40: http://www.youtube.com/watch?v=aT1Qs1mDQ4o    

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias