Caixa lembra 40 anos da morte de Nick Drake

Publicado em 29/01/2014 às 15:52
Leitura:
nick-drake-tuck-1011x1024 Nick Drake morreu em novembro de 1974, possivelmente de uma overdose de antidepressivos, em Cambridge, na Inglaterra. Estava com 26 anos, e deixou uma discografia de três títulos: Five leaves left (1969), Bryter layter (1970), e Pink moon (1972). Nenhum dos quais ultrapassou a cinco mil cópias vendidas, embora os álbuns tenham recebidos elogios quase unânimes da crítica da época. O culto a Nick Drake começou já no ano seguinte à sua morte. Nos anos 80, ele foi citado como influência por nomes como Peter Buck, do R.E.M, e Robert Smith, do The Cure. Em 1985, The Dream Academy emplacou nas paradas dos dois lados do Atlântico com Life in a Northern town. Pink moon foi usada, em 1999, num comercial da Volkswagen chamando atenção para o disco menos vendido de Nick Drake. Até 2006, suas canções haviam sido incluídas em trilhas de 12 filmes. O sucesso chegara para a música do precoce, depressivo, e talentoso cantor folk, descoberto por um músico da Fairport Convention, que o apresentou ao produtor Joe Boyd. Para homenagea-lo no aniversário de 40 anos de morte (em 25 de novembro de 2014) foi lançada a caixa Tuck box (island) com os três discos lançados por Nick Drake em vida, mais dois álbuns póstumos, com demos, sobras, outtakes. Merece ser reouvido. Um artista extremamente sensível (e angustiado) com aguçado senso de melodia, e um violonista de dedilhado preciso e original. Ressaltando que algumas das canções desta caixa foram escritas quando era adolescente. Ele gravou o primeiro álbum com 20 anos. O CD Family tree, incluído nesta caixa, reúne gravações caseiras de Nick Drake, uma delas quando ele estava com nove anos. Discos Five Leaves Left Bryter Layter: the second album released in 1970 Pink Moon: Made To Love Magic Family Tree Confiram Nicky Drake em Pink moon: http://www.youtube.com/watch?v=aXnfhnCoOyo

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias