Disco

Itamar Assumpção tem obra completa nas plataformas

Cinco títulos da discografia do cantor foram lançados nesta sexta no formato digital

José Teles
José Teles
Publicado em 11/09/2020 às 14:23
Notícia

Divulgação
Itamar digital - FOTO: Divulgação
Leitura:

O merecidamente cultuado Itamar Asumpção terá, a partir desta sexta, 11 de setembro, toda discografia disponível nos serviços de música para streaming. Parte dos títulos já se encontrava disponível, Beleleu, Leleu, Eu (1980), Intercontinental! Quem Diria Era So o Que Faltava (1988), Bicho de Sete Cabeças (em três volumes, 1993), Pretobrás (1998), e Isso Vai Dar Repercussao (2004), dividido com Naná Vasconcelos.
Agora aportam nas plataformas: As Proprias Custas S.A (1983), Sampa Midnight - Isso Nao Vai Ficar Assim (1986), Ataulfo Alves por Itamar Assumpcao - Pra Sempre Agora (1995), Petrobrás II – Maldito Vírgula (2010), e Pretobras III - Devia Ser Proibido (também de 2010), estes dois últimos com selo do Sesc.
Falecido em 2003, aos 53 anos, quando surgiu com Arrigo Barnabé, no final de 1978, Itamar Assumpção era um dado novo na MPB, totalmente à parte de tudo que se conhecia de música popular no país. Uma nova malandragem musical, mais para a marginália, enfrentando o bom mocismo e abrindo caminhos. Uma discografia preciosa, interrompida bruscamente. Ouçam e reouçam, Benedito João dos Santos Silva Beleléu, vulgo Nego Dito. Nego Dito Cascavel.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias