TURISMO HISTÓRICO-CULTURAL

Palácio da Associação Comercial de Pernambuco, no Marco Zero do Recife, estreia visitação guiada

A partir deste sábado (12), turistas e moradores da capital pernambucana poderão percorrer as instalações do edifício, que completa 105 anos na próxima quarta-feira (16)

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 11/12/2020 às 20:15
Notícia

DIVULGAÇÃO
Escadaria inglesa bifurcada de ferro fundido e corrimão em madeira de carvalho é uma das preciosidades - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Parte indissociável da identidade urbanística e da história do Recife, o belo casarão da Associação Comercial de Pernambuco (ACP), no Marco Zero do Recife, finalmente se tornará um atrativo turístico oficial.

A partir deste sábado (12), turistas e moradores da capital pernambucana poderão fazer uma visita guiada pelas instalações do edifício, que completa 105 anos na próxima quarta-feira (16).

DIVULGAÇÃO
Coleção de vitrais proporciona viagem no tempo - DIVULGAÇÃO

De arquitetura clássico-eclética, o palácio é tombado como bem cultural pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e abriga preciosidades como a escadaria inglesa bifurcada de ferro fundido e corrimão em madeira de carvalho.

Já a coleção de vitrais proporciona uma viagem no tempo: há desde referências às navegações comerciais e principais produtos de exportacao brasileiros (cafe, acucar, algodao, borracha, cacau e fumo) até alusões à Revolucao Industrial (fiacao, via ferrea e eletricidade) e homenagens aos Rio de Janeiro (capital do Brasil à epoca de fundação da ACP).

DIVULGAÇÃO
Palácio da Associação Comercial de Pernambuco vai completar 105 anos no próximo dia 16/12 - DIVULGAÇÃO

O acervo é composto também por uma rica pinacoteca, com obras de Karl Ernst Papf, Ferdinand Piereck, Théophile Auguste Stahl e Baltazar Câmara, entre outros artistas de escolas, tempos e estilos diversos.

O Salão Nobre, no primeiro andar, conta com pinturas de D. Pedro II e do Barão do Amazonas, comandante da vitoriosa Batalha do Riachuelo.

DIVULGAÇÃO
O Salão Nobre, no primeiro andar, conta com pinturas de D. Pedro II e do Barão do Amazonas - DIVULGAÇÃO

O prédio exibe, ainda, imagens do fundador da ACP, Comendador José Ramos, e do Barão de Casa Forte, presidente da entidade no ano de inauguração do edifício.

No segundo andar, uma claraboia ilumina melhor o ambiente, formado pelo grande salão e pelo arquivo, onde será mostrado o projeto arquitetônico original do palácio.

DIVULGAÇÃO
Projeto arquitetônico original do palácio será exibido no segundo andar - DIVULGAÇÃO

Lá fora, o terraço promete ser um dos espaços mais disputados, pela visão panorâmica que propicia do Bairro do Recife.

A visitação ocorre diariamente, das 8h às 17h, e a entrada custa R$ 10 (R$ 5 meia entrada). De acordo com o presidente da ACP, Tiago Carneiro, os recursos captados serão revertidos para a preservação do edifício.

A expectativa é que o palácio receba até 500 pessoas no fim de semana. A partir de 2021, serão firmados convênios com escolas e outras instituições de ensino.

DIVULGAÇÃO
Portas estarão abertas aos visitantes diariamente, das 9h às 17h - DIVULGAÇÃO

Enquanto durar a pandemia, são obrigatórios a aferição de temperatura e o uso de máscaras em todos os ambientes, que contam com totens com álcool em gel, além de locais para lavagem das mãos.

HISTÓRIA

A Associação Comercial de Pernambuco é a mais antiga entidade associativa do setor empresarial de Pernambuco, tendo sido fundada em 1839.

DIVULGAÇÃO
Palácio da Associação Comercial de Pernambuco vai completar 105 anos no próximo dia 16/12 - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Projeto arquitetônico original do palácio será exibido no segundo andar - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Portas estarão abertas aos visitantes diariamente, das 9h às 17h - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Coleção de vitrais proporciona viagem no tempo - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
O Salão Nobre, no primeiro andar, conta com pinturas de D. Pedro II e do Barão do Amazonas - FOTO:DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias