EXCLUSIVO

Gravatá: a maior produtora de flores tropicais do Norte e Nordeste

Os assinantes do JC vão conhecer o motivo da cidade ser reconhecida pelas flores em toda a região na reportagem do programa Cores e Sabores.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 02/07/2021 às 7:30
Notícia
Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Gravatá é considerada a maior produtora de flores tropicais do Norte e Nordeste - FOTO: Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Leitura:

Gravatá tem um perfume único. Tanto que é conhecido e reconhecido em toda a região. Poucas pessoas sabem, mas a cidade é considerada a maior produtora de flores tropicais do Norte e Nordeste. Mais uma vez com exclusividade e de forma antecipada, o assinante do JC acessa com exclusividade a reportagem (gravada antes da pandemia) sobre as flores da cidade do programa"Cores e Sabores de Gravatá". O programa completo vai ao ar neste sábado, 10 de julho, às 12h30, na TV Jornal.

Ao longo desta semana, você já viu em primeira mão a matéria sobre as trilhas dos túneis e o rapel na Ponte Cascavel, a respeito das cachoeiras e Serra do Contente, conteúdos sobre as trilhas off-road e ainda outra sobre o título de Terra do Cavalo.

Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A zona rural de Gravatá conta com cerca de 300 produtores. - Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

A zona rural de Gravatá conta com cerca de 300 produtores de flores. Alguns fatores contribuem para tanto destaque da cidade na região. Entre eles, as temperaturas amenas, variando entre 21 e 24 graus, e a altitude de mais de 700 metros acima do nível do mar.

Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
As temperaturas amenas, variando entre 21 e 24 graus e a altitude de mais de 700 metros acima do nível do mar favorecem a produção. - Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

De acordo com a prefeitura, aproximadamente duas mil pessoas sobrevivem da atividade em Gravatá. A variedade de flores produzidas no local é muito grande, passando pelos crisântemos e gérberas, além das famosas rosas.

Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
De acordo com a prefeitura, aproximadamente duas mil pessoas sobrevivem da atividade em Gravatá - Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

"Eu comecei a produção no meu sítio em 1995. Eu iniciei com rosas e depois passei a cultivar as gérberas. A produção semanal é de 800 a 1.000 dúzias. Uma boa parte desta produção fica aqui em Pernambuco e o restante vai para os Estados vizinhos", relata Heleno Ribeiro.

Assista à reportagem sobre produção de flores do programa "Cores e Sabores de Gravatá"

No sábado (10), na estreia do programa "Cores e Sabores de Gravatá", às 12h30, na TV Jornal, você confere não só essa, mas todas as matérias na íntegra sobre os pontos turísticos de Gravatá.

Veja como foi o programa completo:

Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A zona rural de Gravatá conta com cerca de 300 produtores. - FOTO:Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
As temperaturas amenas, variando entre 21 e 24 graus e a altitude de mais de 700 metros acima do nível do mar favorecem a produção. - FOTO:Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
De acordo com a prefeitura, aproximadamente duas mil pessoas sobrevivem da atividade em Gravatá - FOTO:Foto: Allan Torres / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

Comentários

Últimas notícias