Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

RIO GRANDE DO SUL

Polêmica em Gramado (RS): Prefeitura quer cobrar taxa para entrada de turistas

O projeto de lei encaminhado pela prefeitura à Câmara de Vereadores propõe cobrança de tarifa para entrar na cidade de acordo com tipo de veículo

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 23/11/2021 às 16:05
Foto: divulgação
Prefeitura de Gramado estuda cobrar taxa de turista para entrar na cidade. - FOTO: Foto: divulgação
Leitura:

A entrada gratuita de turistas em Gramado, no Rio Grande do Sul, um dos principais destinos turísticos do Brasil, pode estar com os dias contatos. Ao menos se depender da prefeitura. No último dia 5, ela encaminhou um projeto de lei à Câmara de Vereadores propondo a cobrança de tarifa para entrar na cidade. Os valores vão variar de acordo com o tipo de veículo, indo de R$ 5 para motos a até R$ 80 para ônibus e caminhões. Os carros de passeio pagariam R$15. A taxa se somaria ao pedágio que no caso não teria alteração. A proposta, claro, tem gerado polêmica e dividido opiniões.

Gramado, inclusive, apareceu na lista dos 8 destinos mais procurados para viajar em 2022, em levantamento feito pelo Booking.com. De acordo com a justificativa do projeto, o objetivo da Taxa de Proteção Ambiental (TPA) é a criação de infraestrutura que permita a utilização sustentável dos recursos, além da ampliação e reforço na fiscalização. A ideia da prefeitura é que a TPA substitua a tarifa sustentável, criada em 2015, de R$ 2 por diária na rede hoteleira da cidade. 

Nesta segunda (22), o prefeito de Gramado, Nestor Tissot (PP), se pronunciou sobre o assunto, garantindo que a cobrança da taxa vai “espantar o turista”. “Não estamos instituindo uma nova taxa, porque ela já existe. Porém, digamos assim, entre aspas, que é meia dúzia que contribui com essa taxa de turismo. Meia dúzia de hotéis e não sei se chega a tanto”, afirmou Nestor, na ocasião. 

 

Comentários

Últimas notícias