Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

REGIÃO METROPOLITANA

Onde curtir o feriado de 8 de dezembro em um bate e volta pertinho do Recife

Existem várias opções legais de passeios dentro da Região Metropolitana do Recife.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 07/12/2021 às 8:00
REPRODUÇÃO
piscinas naturais de Jaboatão - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

A data é um feriado apenas municipal no Recife e ainda por cima bem no meio da semana, mas ainda assim dá pra curtir o dia em um bate e volta pertinho da capital. O dia de Nossa Senhora da Conceição comemorado nesta quarta (8) pode ser aproveitado com atividades sem ter que viajar para longe. A Região Metropolitana do Recife oferece passeios com banhos em piscinas naturais, rapel, tours históricos, trilhas de bike, de caiaque e Stand-up Paddle (SUP), etc. A Coluna Turismo de Valor organizou uma lista do que fazer próximo da capital neste 8 de dezembro.

Piscinas naturais de Jaboatão

Uma paisagem deslumbrante que até os próprios moradores da cidade desconhecem e muitos viajam para encontrar, por exemplo, em Porto de Galinhas, Ipojuca, no Litoral Sul do Estado, quando podem ser vistas bem pertinho. As piscinas naturais de Candeias podem ser apreciadas quase todos os dias durante as marés baixas, quando o mar está bem raso (em segurança, de acordo com a prefeitura, por conta da proteção natural dos arrecifes da região, que não é de mar aberto).

As piscinas naturais de Candeias podem ser aproveitadas de várias formas. Entre elas, com bike aquática, caiaque ou stand up paddle (SUP) junto com o pessoal da Bike Aquática de Candeias, que oferece a atividade há cerca de um ano. As bikes aquáticas têm um sistema parecido com as convencionais, só que em vez de rodas elas se apoiam em dois botes, parecidos com os bananas-boats, e o guidão dá a direção do leme. Segundo os proprietários, elas suportam um peso de até 120 quilos. Antes de entrar no mar são passadas todas as orientações de segurança e o uso do colete salva-vidas é obrigatório.

Trilha dos holandeses em Itamaracá

Um passeio pelo início da colonização brasileira. É isto o que faz quem visita Vila Velha, umas das mais antigas vilas do Nordeste com seus 483 anos de muita história para contar. É de lá que parte a chamada Trilha dos Holandeses, de cerca de 2,5 quilômetros e que liga Vila Velha à Praia do Forte, refazendo o caminho usado pelos holandeses. O início dela é na ponte Porto Brasilis, erguida sob o rio Paripe ao lado dos resquícios da ponte originalmente construída pelos holandeses (OBS: os vídeos foram gravados antes da pandemia). 

Dela já é possível se ter uma ideia da paisagem que virá pela frente. O passeio passa pelo meio da Mata Atlântica, onde é possível observar bichos e plantas típicas da região. A principal parada da trilha é nas ruínas da casa que serviu de residência para o Padre Tenório, um dos líderes da Revolução Pernambucana de 1817.

Trilha de bike em Igarassu

Que tal conhecer as belezas escondidas de Igarassu sob duas rodas? Muita gente da cidade e de outras próximas não resistem a esse convite. De pronto dizem sim, sobem nas bicicletas e vão desbravar os cenários mais surpreendentes do município. Existem três grandes grupos de trilhas de bike na cidade que reúnem no total cerca de 200 pessoas para periodicamente se aventurar e, de quebra, turistar pedalando (OBS: os vídeos foram gravados antes da pandemia).

Somente no distrito de Nova Cruz existem pelo menos oito opções de trilha. A realizada pela reportagem teve cerca de 12 quilômetros de extensão. Ela teve início perto do rio, ao lado da Capela de Nossa Senhora das Dores e terminou na antiga igreja da Fazenda Congaçari, no povoado de Cuieiras.

Rapel no Cabo de Santo Agostinho

Aqui vai uma dica quente pra quem gosta de aventura. Trata-se do rapel na Pedra da Pimenta, situada no distrito de Jussaral, no Cabo de Santo Agostinho, a 420 metros de altura, considerado o ponto mais alto da Região Metropolitana do Recife. O calor da paisagem e da adrenalina são garantidos no local (OBS: os vídeos foram gravados antes da pandemia).

Quando se chega na pequena vila de Jussaral é feita uma pequena caminhada de cerca de meia hora até o topo da Pedra da Pimenta. No trajeto já dá pra se ter uma ideia das lindas paisagens ainda pouco conhecidas do Cabo de Santo Agostinho. O passeio foi feito com a equipe da Vértice que monta todos os equipamentos necessários com toda a segurança para se fazer o rapel de cerca de 50 metros no imenso paredão de pedra.

Ciclofaixa

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, informa que, neste feriado, a Ciclofaixa de Turismo e Lazer será montada das 7h às 16h. O percurso reúne cerca de 18 mil pessoas que se deslocam por três rotas que convergem para Marco Zero, no Bairro do Recife.

Comentários

Últimas notícias