Diferenças entre o treino de musculação e o aeróbico

Publicado em 15/01/2016 às 12:12
NE10
FOTO: NE10
Leitura:
AN301215010 Diferente do que muita gente pensa, a musculação é essencial no processo de emagrecimento. Foto: André Nery/JC Imagem Exercício é exercício e pronto, certo? Pois é aí que muitas pessoas se enganam. E talvez por não fazerem essa distinção não consigam obter os resultados desejados. Existe uma grande diferença entre o treinamento de força (musculação) e as atividades aeróbicas, como a corrida, as pedaladas, entre outros. É que, fisiologicamente, o ser humano tem dois tipos de metabolismos energéticos: o anaeróbio e aeróbio. Cada tipo de exercício solicita fibras musculares diferentes. Os de força são realizados pelas fibras brancas que utilizam creatina e glicose como fonte de energia. Já os aeróbios mobilizam as fibras vermelhas, que consomem lipídios ou gordura como fonte energética. A principal diferença entre os dois treinos é que cada um promove uma resposta diferente. A musculação estimula o aumento dos músculos (hipertrofia) e o aeróbio estimula o aumento da capacidade respiratória dos músculos. Ou seja, quando se faz musculação, há principalmente ganho de massa magra. No caso do aeróbio, não há estímulo para o crescimento dos músculos, melhorando-se apenas o condicionamento cardiorrespiratório. Pedalar-shutterstock_ Os exercícios aeróbicos desenvolvem a parte cardiorrespiratória. Foto: Divulgação Uma dúvida recorrente é sobre qual tipo de exercício é melhor? Qual emagrece mais? A verdade é que os dois permitem que o indivíduo perca massa gorda (gordura), porém, devem ser treinados com intensidade controlada, de acordo com o nível de treinamento de cada pessoa. Assim sendo, no que diz respeito aos objetivos, tem-se duas opções: fazer musculação, que emagrece e ainda aumenta a massa magra, ou fazer apenas aeróbico, que emagrece e não ajuda a aumentar o volume da massa muscular. Isso não quer dizer, entretanto, que os dois tipos de exercícios não possam ou não devam ser praticados juntos. Se o objetivo é emagrecer e aumentar a massa magra, é perfeitamente possível conciliá-los. As maiores dúvidas recaem sobre como realizar a musculação para membros inferiores e o aeróbico. IMG_3603 Hadley Marlon dá dicas de como conciliar treino de musculação para perna e aeróbico. Foto: Luana Ponsoni  
Bem temos duas formas de conciliar o treino de pernas com o aeróbio. A primeira forma é treinar perna em um dia e treinar aeróbio em outra sessão na semana, dando um intervalo de pelo menos 48 horas entre um e outro. A outra forma é realizar o chamado "treino concorrente", que é a soma da musculação com a corrida na mesma sessão de treino. Mas, para não diminuir o rendimento do treino de perna, é melhor realizar o treino concorrente apenas nos dias em que for treinar superior". Hadley Marlon, educador físico

Últimas notícias