Dicas para vencer o sedentarismo

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 10/07/2019 às 15:51
Foto: Intagram Selfit/Reprodução
FOTO: Foto: Intagram Selfit/Reprodução
Leitura:
Gostar de se exercitar é um hábito. Muitas vezes, cultivado desde criança. Por esse motivo, é tão difícil para tantas pessoas, já na fase adulta, encararem com prazer uma  ida à academia ou a qualquer lugar em que mexer o corpo seja o foco.  Muito dessa dificuldade está ligada a escolhas inadequadas. Sobretudo quanto à modalidade que se pretende executar.Não é porque corrida de rua ou crossfit, por exemplo, estão em alta que sedentários devam descobrir sua vocação para os exercícios a partir das pistas ou nas boxes. Não existe exercício melhor ou pior. O mais adequado é aquele que faz o corpo sair da inércia, gera gasto calórico e promove bem-estar físico e mental.Para tanto, vale dançar, praticar esportes de quadra, ao ar livre, lutas. Muitas são as possibilidades. Portanto, nada de desistir quando abandonar aquele plano anual feito na academia de ginástica pela milésima vez.Outro erro que costuma fulminar a motivação é se cobrar demais. Seja por resultados estéticos mirabolantes ou por um nível de condicionamento físico que não seja condizente com o tempo de dedicação.Para que o próximo projeto de abandonar o sedentarismo não fracasse novamente, confira dicas importantes que podem dar uma força na nova tentativa.

PERMITA-SE

""Nada de firmar, mais uma vez, um plano anual em uma academia de ginástica, achando que a questão financeira vai garantir a assiduidade nos treinos. Como boa parte desses estabelecimentos são repletos de aulas, que tal fazer algumas experimentais antes de qualquer coisa? De dança, ginástica localizada, treinamento funcional.... já é uma boa forma de filtrar com o que se tem identificação. O mesmo serve para outros estabelecimentos. Boxes de crossfit, escolas de artes marciais, a maioria desses locais também trabalham com aulas experimentais. Ninguém disse que, para ser saudável, é necessário fazer o que todo mundo faz. Se no final, nada disso agradar, alguns clubes da cidade, como o Náutico, têm escolinhas de uma série de esportes. É dar uma pesquisada e continuar a busca. Certamente a modalidade que gere grande identificação vai aparecer.

PRIORIZE-SE

""Trabalho, filhos, obrigações em casa, com a qualificação profissional.... tudo, absolutamente tudo, parece ser priorizado, menos aquela horinha para cuidar de si. O curioso é que, o estresse gerado pela sobrecarga do dia a dia adoece o corpo e acaba inviabilizando a continuidade de todas essas atividades. E a melhor maneira de evitar esse estresse é justamente colocar o cuidado consigo em primeiro lugar. Se não for possível ter 60 minutos diários para se exercitar, que sejam 40, 30, no mínimo. Mas esse momento não pode ser negligenciado, nem relegado à segundo plano. Entender o exercício como prioridade ajuda a conquistar a tão sonhada assiduidade nos treinos e o abandono do sedentarismo. Os ganhos em termos de desempenho nas tarefas diárias serão rapidamente sentidos.

CRIE UMA ROTINA

""Depois de encontrar o exercício que mais combine com você e entender que mexer o corpo deve ser prioridade, o ideal é estabelecer um horário fixo para a atividade que se pretende realizar. Se o ritmo de vida for mais flexível, melhor ainda. Assim, fica mais difícil ir adiando o treino até o momento em que o dia acaba. Para quem tem o dia a dia atribulado, tentar estabelecer ao menos um turno fixo. Manhã, tarde ou noite. Apenas em casos excepcionais, adiar para outro horário. O compromisso garante o sucesso no processo de se criar um hábito.

INVISTA EM BOAS PLAYLISTS 

""Não tem quem permaneça desanimado ao ouvir suas músicas favoritas. Combinadas aos exercícios, podem ser grandes aliadas para garantir a motivação que está faltando nos dias em que a preguiça teimar em "falar" mais alto. Existem diversos aplicativos de música que permitem montar playlists diversificadas. Monte várias, para não enjoar e ter sempre a que recorrer quando o desânimo de ir ao treino aparecer.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias