Luto

Morre, aos 90 anos, Max von Sydow, ator de 'O Exorcista' e 'O Sétimo Selo

Considerado ícone do cinema, participou de obras como O Sétimo Selo e Star Wars

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 09/03/2020 às 12:35
Notícia
Reprodução
Max von Sydow participou de clássicos do cinema e foi indicado duas vezes ao Oscar - FOTO: Reprodução
Leitura:

Max von Sydow, ícone do cinema mundial, faleceu aos 90 anos neste domingo (8), segundo informações divulgadas pela família. Ao longo de sua vasta carreira, o ator sueco atuou em mais de 100 produções, entre elas clássicos do cinema, como O Sétimo Selo (1959), de Ingmar Bergman, e O Exorcista (1973), de William Friedkin. Até o momento, a causa da morte não foi divulgada.

Nascido Carl Adolf von Sydow in Lund no dia 10 de abril de 1929, só viria a se tornar ator 20 anos depois, no filme sueco Only a Mother. Mas, foi mesmo em O Sétimo Selo, de Bergman, que ele ganhou reconhecimento mundial. Com o diretor sueco, von Sydow fez ainda outros 11 filmes, entre eles Morangos Silvestres (1957) e A Hora do Amor (1971).

Outro grande sucesso de Max von Sydow foi O Exorcista, filme que se tornou uma referência no terror cinematográfico. Nele, o ator interpretou o padre Merrin, que tenta tirar o demônio da jovem Regan.

Max von Sydow foi duas vezes indicado ao Oscar: a primeira na categoria de melhor ator, em 1987, por Pelle, o Conquistador, e mais recentemente como ator coadjuvante pelo filme Tão Forte e Tão Perto.

PROLÍFICO

Suas contribuições para o cinema foram inúmeras e Max von Sydow participou de filmes de diferentes estilos - e também países, como sua terra natal, Estados Unidos e França. O sueco também dirigiu um filme, Katinka, de 1988. 

Nos últimos anos, integrou os elencos de obras como Ilha do Medo (2010), de Martin Scorsese, Star Wars: O Despertar da Força (2015) e da série Game of Thrones.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias