Capacitação

Sesc Pernambuco oferece mais de 170 vagas em cursos culturais; veja como participar

As atividades fazem parte do projeto #CulturaEmRedeSescPE e serão disponibilizadas através da plataforma oficial da instituição

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 31/07/2020 às 11:11
Notícia

Lucas Emanuel/Divulgação
O grupo "O Poste Soluções Luminosas" irá ministrar uma oficina durante a programação - FOTO: Lucas Emanuel/Divulgação
Leitura:

Através do projeto #CulturaEmRedeSescPE, desenvolvido pelo Sesc Pernambuco, mais 170 vagas serão oferecidas em cursos e oficinas nas áreas de audiovisual, artes cênicas e visuais e literatura durante todo o mês de agosto. As inscrições, que já estão em andamento, custam R$ 30 para o público em geral e R$ 15 para comerciários, professores e pessoas com mais de 60 anos. 

Além dos cursos e oficinas com caráter formativo, a instituição também continuará oferecendo uma programação gratuita em sua plataforma oficial, com debates, palestras, bate-papos e exibições de filmes, espetáculos e performances musicais. Todas as atividades disponíveis, tanto pagas quanto gratuitas, poderão ser conferidas no próprio site do Sesc. Além disso, as inscrições deverão ser realizadas através de um formulário online disponível também na página na web da instituição. 

Confira a lista de cursos e oficinas formativos

Audiovisual

Na seção de audiovisual, dois cursos estarão disponíveis de 24 a 29 de agosto. Ambos com 40 vagas disponíveis. 

O primeiro, intitulado “Cinema de arquivo: o uso de imagens pré-existentes no documentário e no cinema experimental” será ministrado pela produtora, curadora e mestre em Comunicação Sabrina Luna. As aulas terão como objetivo central apresentar um panorama sobre a produção de documentários e filmes feitos a partir de arquivos de imagens pré-existentes. Os alunos aprenderão um pouco sobre found footage, filme ensaio, documentário de compilação e remix. 

O outro curso também terá foco em produções cinematográficas. O “Cinema e identidade em Pernambuco “ será produzido pela produtora e especialista em Cultura Pernambucana Alba Azevedo e promete trazer em sua grade as características fundamentais da produção do cinema em Pernambuco. 

Artes cênicas

Nesta seção estarão disponíveis três oficinas, duas com 15 vagas cada, e uma com 20 vagas. 

Na primeira, intitulada “Um mergulho no Teatro Antropológico”, que acontecerá entre os dias 13 e 28 de agosto, comandada pelo grupo Poste Soluções Luminosasos, os participantes serão inseridos no universo teatral. De acordo com a descrição do evento, a atividade irá oferecer possibilidade de crescimento e conhecimento corporal, vocal, cultural e social e vai abordar o método de improvisação e interpretação.

Já no “Meu Pequeno Mundo”, realizado entre 24 a 29 de agosto, ministrado pelo ator, contador e produtor Joesile Cordeiro, os participantes aprenderão sobre o Teatro Lambe-Lambe, uma forma alternativa de fazer teatro.

A “Oficina de Crítica Teatral”, que se estenderá de 18 agosto a 3 de setembro, trará a pesquisadora e crítica cultural Lorenna Rocha e o professor e doutor em Arte Cênica Rodrigo Dourado para fazer um panorama histórico da produção crítica em Pernambuco e no Brasil. Além disso, a atividade irá estimular, de forma prática, a produção de textos críticos por meio de atividades guiadas pelos docentes.

Arte visual

No âmbito das artes visuais, três oficinas serão oferecidas. A primeira, intitulada de  “Oficina de VJ/Imagens em improviso” realizada já na próxima segunda-feira (3), será ministrada por Gabriel Furtado. Em 10 de agosto acontece a atividade “A arte urbana brasileira como registro de memória”, com Geórgia Ramine. 

Já em 17 de agosto, a oficina “Lab.Foto: Produção e Gestão de Projetos Culturais em Fotografia Contemporânea”, com Rennan Peixe, irá focar no universo da fotografia. 

O Sesc ainda não divulgou se as oficinas de arte visual terão limite máximo de alunos. 

Literatura

Serão dois cursos, ambos com 30 vagas.

O “Poesia sonora”, será ministrado por David Birigui, de 10 a 14 de agosto e irá objetivar a produção e gravação de textos poéticos com a inserção de elementos musicais e sonoros utilizando telefones celulares para captação de áudio e softwares livres para mixagem. Enquanto a "Oficina de Cordel, Embolada, Glosa e Rap”, com Clécio Rimas, de 24 a 28 de agosto vai possibilitar o conhecimento e a elaboração de estrofes nos diversos tipos de métrica e rima.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias