Performance

Projeto 'Como Live' é apresentado nesta terça-feira (27)

Iniciativa reúne artistas e pesquisadores em live experimental

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 27/04/2021 às 13:19
Notícia
DIVULGAÇÃO
'Como Live' aplica o conceito de projeção simultânea de imagens, sons e dados - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O projeto Como Live busca estabelecer uma relação sonora das narrativas com performance de transmissão ao vivo. A iniciativa, que é exibida nesta terça-feira (27), às 21h, propõe um mergulho em outra percepção das imagens e dos sons da série e do filme Corpo Monumento, focando nas sonoridades e nas possibilidades de diálogos com artistas performando em ambientes virtuais.

Como Live aplica o conceito de Live Cinema (projeção simultânea de imagens, sons e dados) em suas pesquisas contínuas sobre a virtualização do corpo e o acesso aos bens públicos e culturais. Para esta primeira live experimental, haverá a participação de Bárbara Francesquine e Iara Campos, além do banco de memória dos monumentos virtuais com atuações da multiartista Aurora Jamelo e do coletivo Totem, com Lau Veríssimo, Taína Veríssimo, Juliana Nardin e Gabi Cabral.

O projeto será transmitido através da plataforma Zoom, diretamente do estúdio do Coletivo Caverna. Os ingressos gratuitos poderão ser obtidos na plataforma Sympla.

Como Live é incentivado com recursos da lei Aldir Blanc de Pernambuco e integra as ações performáticas dos Monumentos Virtuais, uma plataforma transmídia aberta e de construção artística coletiva. No site www.monumentosvirtuais.ong.br possível cadastrar gratuitamente seu próprio monumento.

Comentários

Últimas notícias