Reality Show

Conheça Bruno: mais um participante do Recife no 'Mestres da Sabotagem', do SBT

Participação do Chef vai ao ar neste sábado (5) e ele conversou com o JC sobre a experiência

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 04/06/2021 às 18:12
Notícia
LOURIVAL RIBEIRO/SBT
PREPARADO Chef Bruno Lins encara os desafios da atração gastronômica - FOTO: LOURIVAL RIBEIRO/SBT
Leitura:

Após a participação do chef recifense Ugo César no quinto episódio do programa Mestres da Sabotagem, do SBT/TV Jornal - onde venceu, inclusive - o episódio inédito do reality gastronômico que vai ao ar neste sábado (5), traz um segundo conterrâneo à competição. O Chef Bruno Lins, de 31 anos, é mais um pernambucano que aceitou o desafio da atração comandada por Sergio Marone, na disputa pelo prêmio de até R$25 mil.

>> Conheça Ugo: o chef pernambucano que participa do 'Mestres da Sabotagem'

>> Com Sergio Marone, SBT estreia o reality 'Mestres da Sabotagem'

>> Chef Rivandro França apresenta receitas vencedoras do Cuscuz da Gente

O Jornal do Commercio conversou com Bruno - que atualmente trabalha como personal chefe e consultor aqui no Recife - sobre sua participação neste sétimo episódio, gravado em meados de abril, onde ele e os outros três competidores usaram guilhotina, cama elástica e até cortador de charuto para conseguir cozinhar na competição. Confira.

ENTREVISTA // BRUNO LINS

JORNAL DO COMMERCIO - Como o convite do reality Mestres da Sabotagem chegou até você?
BRUNO LINS - O convite foi feito pela produção via Instagram. Primeiramente, eles entraram em contato por lá, depois por ligação. Precisei enviar um vídeo contando minha história, que serviu como um teste. Depois do vídeo, fui aprovado e fiquei aguardando a data da gravação.

JC - Você precisou ver o formato internacional para entender o programa? Fez alguma preparação específica?
BRUNO - Eu fiz uma imersão no formato internacional, para me preparar pras possíveis sabotagens. Eu cheguei a ver várias temporadas!

JC - Como foi a gravação do programa em meio a uma pandemia? Você se sentiu seguro?
BRUNO - Antes da gravação foi pedido que ficássemos isolados, ao menos uma semana, e somos submetidos a um PCR [teste de Covid-19]. Ficamos isolados em camarins diferentes e a cada prova, mantemos o isolamento. Eu fui muito aflito! No aeroporto tinha aglomeração e na época que eu estava em São Paulo, a cidade estava na fase roxa. O medo de ser contagiado existia, mas não quis pensar muito nisso.

JC - Para um chefe experiente como você, o que seria uma grande sabotagem no ato de cozinhar?
BRUNO - Uma grande sabotagem no ato de cozinhar é a falta de humildade, excesso de confiança e nervosismo. Tanto no programa, quanto na vida profissional, é necessário ter foco e não se deixar contaminar.

JC - O que podemos esperar de sua participação no programa?
BRUNO - De minha participação no programa podemos esperar muito regionalismo, bairrismo e foco.

Comentários

Últimas notícias