LUTO

Morre, no Rio de Janeiro, o jornalista e escritor Artur Xexéo

Colunista do jornal 'O Globo' e comentarista do canal a cabo GloboNews, Xexéo estava internado numa clínica na Zona Sul do Rio

JC
JC
Publicado em 27/06/2021 às 20:51
Fernando Lemos
Artur Xéxeo - FOTO: Fernando Lemos
Leitura:

 O escritor e jornalista Artur Xexéo, colunista do jornal O Globo e comentarista do canal a cabo GloboNews, faleceu neste domingo (27). Xexéo morreu neste domingo (27) aos 69 anos.

Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio, de acordo com informações do portal G1.  Xexéo lutava contra um linfoma.

Carreira

O jornalista Artur Xexéo nasceu no Rio de Janeiro em 5 de novembro de 1951. Colunista do jornal O Globo e comentarista do Estúdio I da Globonews, desde 2015 participa da transmissão da premiação do Oscar pela Globo.

Com sua primeira coluna do Jornal do Brasil, Xexéo falava de cultura, televisão e política, segundo a Memória Globo. Em 2000, Xexéo levou a coluna para o jornal O Globo.

Em 2010, Artur Xexéo deixou o cargo de editor do Segundo Caderno do O Globo, passando a se dedicar à coluna no jornal, duas vezes por semana. Em 2015, ele deixou o jornal, retornando como colunista um ano depois.

Em 2005, o jornalista recebeu um convite do Instituto Rio Arte para fazer uma imersão na vida e obra da escritora Janete Clair, que resultaria na publicação de sua biografia oficial.

Além da biografia, Xexéo escreveu o livro O torcedor acidental (2010), uma coleção de crônicas sobre os bastidores das coberturas que fez das Copas do Mundo de Futebol.

 

 

 

 

Entre os seus livros estão "Janete Clair: a usineira de sonhos", "O torcedor acidental (crônicas)" e "Hebe, a biografia".

Colunista do jornal "O Globo" e comentarista da GloboNews, ele também teve passagens por "Veja" e "Jornal do Brasil". Desde 2015, participava da transmissão do Oscar na Globo. Também ficou conhecido no rádio. Na CBN, estreou ao lado de Carlos Heitor Cony como comentarista.

Comentários

Últimas notícias