Escândalo

Atriz de 'Smallville', Allison Mack é condenada a três anos de prisão por caso de culto sexual

Artista ainda pagará uma multa de de US$20 mil, cerca de R$100 mil

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 30/06/2021 às 18:19
Notícia
CNN/REPRODUÇÃO
A atriz Allison Mack ficou conhecida do público por interpretar Chloe na série 'Smallville' - FOTO: CNN/REPRODUÇÃO
Leitura:

A atriz alemã Allison Mack, de 38 anos, conhecida do público por interpretar Chloe na série Smallville, foi condenada nesta quarta-feira (30) a três anos de prisão por participação e envolvimento com o grupo NXIVM (pronuncia-se: nexium) em um caso de culto sexual. Segundo informações do portal Olhar Digital, a artista ainda terá que pagar uma multa de US$20 mil, equivalente a cerca de R$100 mil.

>> Allison Mack, de 'Smallville', se declara culpada em caso de culto sexual

>> Allison Mack, da série 'Smallville', é presa acusada de tráfico sexual

>> Allison Mack, atriz de Smallville, é acusada de comandar culto sexual

Ainda de acordo com o portal, Mack foi presa em 2018 junto com outros membros da seita secreta, cujo líder e “guia espiritual autoproclamado”, Keith Raniere, foi sentenciado a 120 anos de prisão por tráfico sexual e outros crimes. Um ano depois, ela se declarou culpada de chantagear duas mulheres como parte de um suposto culto sexual realizado em Nova York, nos Estados Unidos.

Segundo a revista Deadline, durante a sentença, Alison Mack pediu desculpas a todas as pessoas que feriu durante o período em que esteve no grupo. A atriz revelou que se uniu há uma década à organização liderada por Raniere para “encontrar propósito na vida”.

“É de suma importância para mim dizer, do fundo do meu coração, eu sinto muito (...) Ao longo de todo o tempo, eu acreditei que as intenções de Keith Raniere eram de ajudar pessoas”, disse Mack. “Eu estava errada. Eu agora percebo que eu e outras pessoas engajamos em condutas criminosas”.

“Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo o que tinha. Eu acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Este foi o maior erro e arrependimento da minha vida”, declarou.

SEITA SECRETA

Ainde da acordo com informações do portal Olhar Digital junto à revista Deadline, a seita NXIVM que Alison Mack é acusada de participar e coliderar, conforme a acusação, funcionava sob uma filosofia que prometia sucesso pleno. Em seu depoimento à Justiça, a atriz admitiu que recrutava mulheres ao falar que elas fariam parte de um grupo de mentoria feminina.

Para entrar no grupo secreto dentro da Nxivm, as mulheres eram obrigadas a entregar segredos pessoais que pudessem arruinar suas reputações, segundo depoimento da atriz. A seita também coletava fotos explícitas e vídeos dos membros, além de assumir suas propriedades.

Segundo a Deadline, o objetivo principal do grupo era fazer com que essas mulheres fossem “escravas” lideradas por “mestres”. Durante reuniões, as pessoas da seita geralmente colocavam as mãos sobre seu peito e diziam frases como: “Sinta a dor” e “Pense no seu mestre”. Nuas, elas faziam um voto de lealdade ao guru e eram forçadas a fazer sexo com eles.

Comentários

Últimas notícias