Celebridade

Val Kilmer precisou escolher entre comer e respirar, durante tratamento contra câncer

Astro de filmes como 'Batman Eternamente' e 'Top Gun' enfrentou a doença por seis anos

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 26/08/2021 às 18:21
INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Val Kilmer ficou com sequelas na comunicação por conta do câncer na garganta - FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Leitura:

Astro de filmes como Batman Eternamente (1995), em que enfrentou o herói, Val Kilmer enfrentou um longo tratamento contra um câncer na garganta. O processo de seis anos fez com que, em determinado momento, ele precisasse escolher entre respirar ou comer, como ele explicou no documentário Val, lançado pelo Amazon Prime Video.

Atualmente com 61 anos, Kilmer, que já foi um dos galãs mais requisitados de Hollywood, teve a fala comprometida por conta do câncer. Ele começou a quimioterapia, radioterapia e a traqueostomia em 2017. “Você tem que fazer a escolha de respirar ou comer. É um obstáculo que está muito presente em quem me vê,” contou o ator.

Por conta das sequelas do tratamento, ele precisa se alimentar através de um tubo. Com auxílio da tecnologia, recentemente ele conseguiu falar pela primeira vez, graças à ajuda de uma inteligência artificial, como mostra o documentário. Ele também já havia falado sobre seu processo com a doença e passagens de sua vida na biografia I'm Your Huckleberru: A Memoir, lançada em 2020.

batmanforever-776759

O documentário, já disponível para streaming no Brasil, conta ainda com imagens inéditas gravadas pelo próprio ator ao longo de sua vida, incluindo bastidores de produções que participou. Ele estrelou filmes como Top Gun!: Ases Indomáveis (1986), The Doors (1991), no qual interpretou Jim Morrisson, e várias outras produções;

O ator estará presente na nova versão de Top Gun, com Tom Cruise, e tem mais três produções anunciadas para os próximos anos.

Comentários

Últimas notícias