Famosos

Rafael Ilha diz saber motivo da morte de Gugu Liberato: 'Poderiam ter contado a verdade'

Ex-Polegar questiona acidente doméstico e garante conhecer a verdadeira razão do falecimento do apresentador

Robson Gomes
Cadastrado por
Robson Gomes
Publicado em 06/09/2021 às 19:00 | Atualizado em 06/09/2021 às 19:02
YOUTUBE/REPRODUÇÃO
Rafael Ilha questionou versão oficial sobre a morte do apresentador Gugu Liberato em entrevista - FOTO: YOUTUBE/REPRODUÇÃO
Leitura:

Rafael Ilha, conhecido do público por sua carreira no extinto grupo Polegar, levantou suspeitas sobre a verdadeira causa da morte de Gugu Liberato aos 60 anos, em novembro de 2019. O artista contesta a versão divulgada na época - que o apresentador teria feito um reparo no ar-condicionado no sótão de sua casa nos Estados Unidos e teria caído - garantindo que não foi um acidente doméstico.

>> Filhas de Gugu Liberato levam bronca da tia após pedirem dinheiro: "Vocês já têm o suficiente"

>> Justiça nega pedido de pensão de R$ 100 mil para as filhas de Gugu Liberato

>> Opinião: Com Gugu, de fato, nós rimos e choramos juntos

“Eu já estava acompanhando há dois dias o negócio da queda e não acredito. Sei o que aconteceu. Sei o que realmente aconteceu, e não foi isso. Não foi isso que aconteceu. Tomara que um dia as pessoas possam ter oportunidade de saber o que realmente aconteceu. Mas não foi isso”, disse Ilha em entrevista ao podcast e canal Inteligência Ltda., no YouTube. Na mesma conversa, o ex-cantor disse sentir muita falta do comunicador e como soube da morte dele.

“Sinto muita falta dele. [A morte] Foi uma coisa que ninguém esperava. Eu estava gravando o [reality da Record TV] Troca de Família quando aconteceu [a notícia da morte] e não acreditei. Não acredito até hoje. Sinceramente. Eu estava lavando a louça na hora e escutei o William Bonner falar no Jornal Nacional”, relembrou.

Rafael Ilha afirmou que Gugu Liberato não tinha o hábito de cuidar de afazeres domésticos, por isso não acredita na versão da queda do apresentador: “Quando o Gugu ia chegar e falar: ‘Vou trocar essa lâmpada?’. Não faz [sentido]. Ele nunca fez isso. Ele não sabe trocar uma lâmpada. Isso não aconteceu. Eu sei o que aconteceu”.

“Não sei por que deram essa versão. Acho que poderiam ter contado a verdade. Só acho isso. Foi uma fatalidade de qualquer forma. Eu não acho justo. Fui lá no velório dele, me despedi e falei com a família. Deixa para lá. Ele está em um bom lugar agora. Está olhando lá de cima, e é isso que importa. Saudade vai ficar mesmo”, concluiu Ilha.

VEJA UM TRECHO DA ENTREVISTA:

Comentários

Últimas notícias