PANDEMIA

Cartunista pernambucano Lailson de Holanda Cavalcanti luta contra a Covid-19 em UTI

O comunicado foi feito nesta terça-feira (19) pela filha, Isabela de Holanda, na página do Facebook do artista

Emannuel Bento
Emannuel Bento
Publicado em 19/10/2021 às 14:33
REPRODUÇÃO/FACEBOOK
Lailson de Holanda Cavalcanti - FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK
Leitura:

O cartunista, chargista e desenhista Lailson de Holanda Cavalcanti, de 68 anos, está internado desde domingo (17) em uma Unidade de Terapia Semi-intensiva de hospital particular no Recife com Covid-19. Apesar da idade, ele optou por não tomar nenhuma dose das vacinas. 

De acordo com a sua filha, Isabela de Holanda, o quadro de saúde é estável. "Ele está usando máscara de oxigênio, sem precisar ser entubado. Todos os parâmetros estão relativamente bem e a infecção está cedendo", disse. Uma visita da familiares foi realizada na tarde desta terça-feira (19).

O artista começou a sentir sintomas gripais na última sexta-feira (15). Em seguida, começou a sentir um forte cansaço. Ele chegou a ir na emergência e recebeu um diagnóstico de princípio de pneumonia. Lailson continuou se tratando e casa, mas teve dificuldade de se alimentar e a internação ocorreu no domingo. Apesar de não ter tomado a vacina, ele mantinha uma vida social ativa, frequentando, por exemplo, a academia.

O primeiro comunicado sobre a intenção foi feito nesta terça-feira (19) pela filha Isabela na página do Facebook do artista. "Bom dia amigos. Aqui é Isabela, filha de Lailson. Venho pedir a todos orações por ele, que está internado com COVID. Ele está na uti semi-intensiva. Peço que mandem boas energias e orações pra que ele se recupere o mais rápido possível. Obrigada a todos e todas", escreveu.

Na publicação, foram feitos mais de 200 comentários de familiares, amigos e admiradores torcendo pela recuperação do cartunista. "Grande amigo! Espero em Deus que ele se recupere logo", disse um. "Já orando por ele. Logo estará em casa", afirmou outra. "Estaremos em prece pela recuperação dele", garantiu mais uma.

Sobre o artista

Nascido no Recife, Lailson de Holanda estreou na imprensa pernambucana em 1975, n Jornal da Cidade. Ele já colaborou para veículos do Brasil e do mundo, como Pasquim, MAD (edição brasileira), Revista Visão, Veja 28 Graus, KYX 93, Rei Da Notícia, Florida Review, O Europeu, Der Stern, The Guardian, Revista Bundas, Revista Palavra e O Pasquim 21, além de ser editor de arte de agências de publicidade de Pernambuco.

O cartunista também marcou a história da música pernambucana. Em 1973, gravou com Lula Côrtes o disco instrumental "SATWA", raridade entre colecionadores e considerado o marco inicial da psicodelia pernambucana. Em seguida, formou a banda Phetus, que teve entre seus integrantes o guitarrista Paulo Rafael, falecido em agosto desse ano, e o flautista Zé da Flauta.

Comentários

Últimas notícias