Confira os vencedores do Prêmio Janeiro de Grandes Espetáculos de 2022

Entrega dos troféus do JGE Copergás de Teatro, Dança, Circo e Música de Pernambuco foi transmitida pelo YouTube no último final de semana

Emannuel Bento
Cadastrado por
Emannuel Bento
Publicado em 31/01/2022 às 17:02 | Atualizado em 31/01/2022 às 17:17
BRUNNO MARTINS/DIVULGAÇÃO
PREMIADO Peça A Mulher Monstro e seu intérprete, José Neto Barbosa, ganharam troféus - FOTO: BRUNNO MARTINS/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Celebrando espetáculos e profissionais que se destacaram ao longo de sua 28ª edição, o Janeiro de Grandes Espetáculos realizou de forma virtual, na noite do último sábado (29), a entrega do Prêmio JGE Copergás de Teatro, Dança, Circo e Música de Pernambuco.

Além dos 13 troféus, o festival, que ainda tem agenda de apresentações nesta segunda-feira (31) e nesta quinta-feira (3), premiou quatro entidades por seus trabalhos em prol da sociedade pernambucana. O evento de premiação pode ser conferido no canal do Janeiro no Youtube.

Na linguagem teatro, o prêmio de espetáculo foi para "A Mulher Monstro", do S.E.M. Cia de Teatro (Recife/Natal), que aborda os preconceitos e a intolerância que pautam o discurso de uma parcela da população brasileira. O trabalho faz uma colagem de declarações de teor discriminatório de forma satírica, utilizando da arte drag.

O protagonista da peça, José Neto Barbosa, também venceu na categoria Melhor Ator. Já o prêmio de Melhor Atriz foi para Célia Regina, de "Solo Para Um Sertão Blues". O espetáculo de Cláudio Lira criado a partir do livro "Solo para Vialejo", da escritora Cida Pedrosa, também venceu a categoria de melhor trilha sonora (Douglas Duan). Já a melhor direção foi para Rogério Wanderley, de "Loré".

Na categoria dança, venceu o Acupe Grupo de Dança, que realizou no festival a 5ª edição do Seminário Nacional de Dança e Educação de Pernambuco, que teve como tema "Mediações Tecnológicas". O grupo busca desenhar, ampliar e aprofundar territórios e fronteiras entre a dança e a tecnologia, com curadoria dos pernambucanos Paulo Henrique Ferreira e Ricardo Scholz.

LEO AVERSA/DIVULGAÇÃO
Show João Fênix em Gotas de Sangue integra a programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos - LEO AVERSA/DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Show As Severinas em Xamêgo de Fulô, integra a programação do 28º Janeiro de Grandes Espetáculos - DIVULGAÇÃO

Na categoria música, se destacaram João Fênix (melhor intérprete por "Gotas de Sangue"), Charles Theone (melhor espetáculo com "Forró Colorido"), As Severinas (trajetória, com "Xamego de Fulô") e Thiago Lasserre (pesquisa, em "Sóis"). 

Confira os vencedores

Dança
Acupe Grupo de Dança (Tijolos de Esquecimento)

Circo
Contorcionista: Euler Calebe (Picadeiro Pernambuco)
Dramaturgia: Enne Marx (Mary En Virtual Mood)

Música
Intérprete: João Fênix (Gotas de Sangue)
Espetáculo: Forró Colorido (Charles Theone)
Trajetória: As Severinas (Xamego de Fulô)
Pesquisa: Thiago Lasserre (Sóis)

Teatro
Espetáculo: A Mulher Monstro (S.E.M Cia de Teatro)
Direção: Rogério Wanderley (Loré)
Ator: José Neto Barbosa (A Mulher Monstro)
Atriz: Célia Regina (Solo Para Um Sertão Blues)
Técnica (Trilha Sonora): Douglas Duan (Solo Para Um Sertão Blues)

Premiação especial ao técnico Thiago Santos

Comentários

Últimas notícias