TEATRO

Confira a programação do 4º Janeiro Sem Censura, com teatro, shows e filmes

Obras serão exibidos gratuitamente no YouTube do Coletivo de Dança-Teatro Agridoce, grupo organizador do festival

Emannuel Bento
Emannuel Bento
Publicado em 03/02/2022 às 19:55
MARCELO SOARES
FESTIVAL Renna Costa, que apresenta no 4º Janeiro Sem Censura o show "Ser Tão Cygana, durante o Festival Pré-Amp 2020 - FOTO: MARCELO SOARES
Leitura:

O 4º Festival Janeiro Sem Censura, realizado pelo Coletivo de Dança-Teatro Agridoce, exibe, a partir desta sexta-feira (4), obras teatrais, shows, filmes e performances gratuitamente através do YouTube. A maratona de apresentações culturais online levanta a bandeira contra a censura artística e prioriza a vivência de pessoas LGBTQIA+, mulheres, negros e outras minorias. O projeto tem incentivo da Lei Aldir Blanc em Pernambuco.

Ao longo de três fins de semana, o projeto transmite apresentações pré-gravadas e exclusivas para o festival. Na programação constam espetáculos teatrais, a exemplo de "Eternamente Bibi", uma homenagem a Bibi Ferreira pela atriz transformista Letícia Rodrigues; e "Se beber, não dirija", performance com Sharlene Esse, atriz trans pernambucana homenageada pelo festival.

Também haverá shows com as cantoras RENNA e Benedita Arcoverde, com o duo musical Barbarize e a performance "Flor de Romã", que une artistas dos coletivos pernambucanos Agridoce, Daruê Malungo e D'Improvizzo Gang - DIG.

DIVULGAÇÃO
FESTIVAL Espetáculo "Mi Madre", com Jhanaina Gomes, integra o 4º Janeiro Sem Censura - DIVULGAÇÃO
JÚLIO MORAES/DIVULGAÇÃO
FESTIVAL Performance de dança "Arreia, Iara Campos e Iris Campos, integra o 4º Janeiro Sem Censura - JÚLIO MORAES/DIVULGAÇÃO
TV7 BRASIL/DIVULGAÇÃO
FESTIVAL Sharlene Esse, atriz trans pernambucana homenageada pelo 4º Janeiro Sem Censura - TV7 BRASIL/DIVULGAÇÃO
OLHAR DA MEDUSA/DIVULGAÇÃO
FESTIVAL Duo Barbarize integra programação do 4º Janeiro Sem Censura - OLHAR DA MEDUSA/DIVULGAÇÃO
ZITO JR/DIVULGAÇÃO
FESTIVAL Coletivo Agridoce organiza o 4º Janeiro Sem Censura - ZITO JR/DIVULGAÇÃO

Adiamento e alterações

A programação virtual do festival começaria apenas no próximo dia 14/02, mas devido ao avanço da Covid-19 em Pernambuco neste janeiro de 2022, o 4º Janeiro Sem Censura precisou antecipar a agenda. As apresentações e as mesas de debate, que ocorreriam presenciais no Espaço Cênicas, no Bairro do Recife, desde o último 25 de janeiro, foram apenas gravadas sem presença de público para transmissão no YouTube.

Outra atividade que também sofreu alterações foi a Mostra Cine Pitangas, que, a princípio, receberia público presencial no Teatro do Parque para uma exibição de sete filmes. As obras audiovisuais também serão transmitidas pelo YouTube, levando as pautas defendidas pelo festival não apenas para o público pernambucano, mas também para todo o Brasil.

A única atividade presencial mantida é a Oficina (Trans)Passar em Foco, que segue sendo realizada no Museu de Arte Afrobrasileira Rolando Toro (Muafro), para público reduzido e com respeito aos protocolos de segurança contra a Covid-19. O Festival encerra no dia 20/02 com transmissão do experimento cênico fruto de vivência de pessoas trans, travestis e não-binárias com o Coletivo Agridoce. O intuito é dar apoio em formação artística a essa população e inseri-la no circuito cultural de Pernambuco.

Confira a programação

Sexta-feira (4/02)

Mostra audiovisual Cine Pitangas
Sábado, 05/02 - Mesa de Debate: “Visibilidade Trans”
Com Danny Barbosa, Fernando Lins, Samantha Vallentine, Sra Santos. Mediação:Jorja Moura.

Domingo (6/02)

Show "Ser Tão Cygana", com RENNA

- Mesa de Debate: “Preterida: como sobreviver a uma sociedade branco centrada?” - com Jarda Araújo, Lili Guedes e Tatiana Menezes.

Sábado (12/02)

Espetáculo “Rainhas”, com Coletivo Abaya

Domingo, 13/02 - Performance de Dança “Arreia”, com Iara Campos e Iris Campos

Quinta-feira (17/02)

Apresentações teatrais:
“Eternamente Bibi”, com Letícia Rodrigues (Coletivo Cara Dupla)
“Se beber, não dirija”, com Sharlene Esse

Sexta-feira (18/02)
Espetáculo “Mi Madre”, com Jhanaina Gomes
Show musical Flor de Romã (com Coletivo Dança-Teatro Agridoce, Daruê Malungo e D'Improvizzo Gang - DIG)

Sábado (19/02)

Shows musicais
Barbarize
"Boka - O Centro do Mundo", com Benedita Arcoverde

Domingo (20/02)

Apresentação de experimento cênico fruto da Oficina (Trans)Passar em Foco, com Coletivo Agridoce e alunos da oficina

Comentários

Últimas notícias