Cinema Drag

Documentário pernambucano "Não toque, é Drag!" é indicado a prêmio na Mostra Ecofalante

O curta-metragem surgiu como trabalho de conclusão de curso do diretor Gabriel Cabral.

Flávio Oliveira
Flávio Oliveira
Publicado em 20/08/2021 às 11:20
Notícia
Divulgação
Ária Scandal, Energy Fantasy e Mei Jinlian são as artistas que estrelam o curta - FOTO: Divulgação
Leitura:

Três drag queens de Recife revelam suas vivências, paixões e problemáticas dentro e fora da comunidade LGBTQIA+ no curta-metragem documental Não toque, é Drag!, de Gabriel Cabral, indicado ao Prêmio do Público na 10ª Mostra Ecofalante. O curta-metragem acompanha a rotina das artistas Ária Scandal, Energy Fantasy e Mei Jinlian, que compartilham suas experiências, como a relação de seus familiares, a solidão drag, o surgimento de suas expressões artísticas e como a sociedade as enxerga.


A proposta para o filme surgiu da inquietação de Gabriel Cabral ao se inserir no universo drag queen como a persona Europa Bloodline. Assim como as personagens do filme, o artista percebeu diversas problemáticas e decidiu usar o audiovisual para abrir uma discussão em seu trabalho de conclusão no curso de Cinema e Audiovisual.

Além de Gabriel Cabral, o roteiro do curta também ficou a cargo da diretora e influencer de cinema Cacau Barros. No currículo ela acumula a direção e roteiro dos documentários Realixadorxs (2019) e Ventura (2019) também a produção da websérie Mães do Recife (2019).

Para votar no filme, é preciso dar a nota depois de assisti-lo. O link da votação está disponível na página do player do documentário e você pode acessar clicando aqui.

Mostra Ecofalante

A Ecofalante é uma organização não governamental sem fins lucrativos fundada em 2003 com o objetivo de criar e trabalhar em projetos que contribuíssem para o desenvolvimento sustentável do planeta por meio da educação e da cultura. A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é o evento audiovisual sul-americano mais importante dedicado a temas socioambientais e já está em sua 10ª edição. O trabalho é desenvolvido através de leis de incentivo e por meio de uma rede de parcerias com instituições que atuam nas áreas de meio ambiente, educação, cultura e mídia.

Divulgação
Bastidores da gravação com Mei Jinlian, uma das drags que tem sua vida retratada no curta - FOTO:Divulgação

Comentários

Últimas notícias