REGGAE

Baiano PEU lança o single 'Universo', parceria com a banda Adão Negro

Canção produzida remotamente durante o distanciamento social evoca clima de positividade para encarar e superar momentos de dificuldade

Nathália Pereira
Nathália Pereira
Publicado em 17/09/2020 às 22:36
Notícia

DIVULGAÇÃO
Banda conterrânea arrematou a criação cuja letra foi escrita a quatro mãos por PEU e seu pai, Tenison Del Rey - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Uma composição gerada a dois pares de mãos, sendo elas de pai e filho, com o toque majestoso de uma das mais bem reconhecidas bandas do reggae brasileiro. Assim pode ser apresentada à primeira vista Universo, música de PEU em parceria com Tenison Del Rey e o grupo Adão Negro lançada no fim de agosto.

Com mensagem rodeada de positividade e crença na força dos bons sentimentos, a música é resultado de um período em que existiam ainda mais dúvidas em relação à situação de caos - em muitos aspectos - desencadeada pela pandemia, e começou a ser escrita bem no início do distanciamento social, como conta PEU em conversa ao telefone com a reportagem.

Leia também:

>>> Oliveira lança videoclipe em preto e branco para a música 'Cidad', um retrato de beleza e caos do Recife

>>> Movimento Minas da Graxa organiza campanha e vaquinha online em prol das trabalhadoras dos bastidores da música

>>> Igor Liberato lança 'Tudo Que Cê Gosta', primeiro single de seu novo álbum

"(foi um momento em que) a gente se fazia muitas perguntas, mas não tínhamos muitas respostas. Havia muita dúvida sobre como o mundo iria existir depois disso, quando teríamos uma solução. Eu acredito que estamos aqui nesse plano com cada um tendo sua importância. O universo tem seu tempo, sua força, e a gente tem que estar atento aos sinais para perceber que às vezes é instante para outras coisas. Esse tempo de pandemia, por exemplo, acabou sendo um respiro, um alívio para a natureza, o ar, praias poluídas. O céu aqui em São Paulo - onde PEU, que é baiano, mora - ficou azul por dias seguidos. Ou seja, uma oportunidade para perceber que tudo precisa de equilíbrio, que a gente não está sozinho aqui, que é preciso ser empático, se enxergar no outro, porque não vamos construir nada sozinhos", diz.

"A música retrata um pouco desse sentimento de que nossa ação tem uma reação. Para receber amor, tem que se dar amor também, não se pode querer apenas receber sem devolver algo para o universo. A gente está muito egoísta", continua ele.

ADÃO NEGRO

A colaboração com os conterrâneos da Adão Negro PEU explica que se deu por uma admiração antiga. A banda tem quase 25 anos de atuação e costumava ser trilha sonora do músico ainda adolescente, na fase de tocar violão com os colegas no colégio.

Em 2015 fizeram a primeira troca, na escrita da faixa Nem Pense em Duvidar, mas debutaram em gravação juntos somente em Universo.

"Quando terminei Universo identifiquei que ela tinha muito a cara da Adão e que o discurso se alinhava muito com o que eles pensam do mundo. Fiz o convite, eles toparam, e a gente produziu tudo de forma remota - ele em São Paulo, a banda na Bahia", lembra PEU.

VIDEOCLIPE EM LIBRAS

Além de música, Universo é também clipe, no qual os intérpretes Ronaldo Freitas e Cíntia Santos aparecem no centro da tela e se comunicam com o espectador através da Língua Brasileira de Sinais - Libras.

A ideia surgiu a partir de Sérgio Cassiano, o Serginho, vocalista da Adão Negro. Ele é proprietário de uma empresa que trabalha com adaptação de conteúdos audiovisuais para que se tornem acessíveis à pessoas com deficiência.

"A força dessa música é a mensagem, então queríamos disponibilizá-la para o máximo de pessoas que fosse possível", comenta PEU. O retorno do público, relata ele, tem sido muito positivo.

Universo foi mixada pelo engenheiro de som Vitor Farias e pode ser ouvida nas principais plataformas de música por streaming.

Assista ao videoclipe de Universo abaixo:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias