Prisão

Veja momento em que DJ Ivis chega à delegacia, preso por bater na ex-mulher

DJ Ivis foi detido na tarde desta quarta-feira (14) em Fortaleza

Marília Banholzer
Cadastrado por
Marília Banholzer
Publicado em 14/07/2021 às 18:54 | Atualizado em 14/07/2021 às 18:58
REPRODUÇÃO DE VÍDEO
DJ Ivis é preso em Fortaleza, nesta quarta-feira - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO
Leitura:

O músico Iverson de Souza Araújo, conhecido como Dj Ivis, foi preso nesta quarta-feira (14) em Fortaleza, no Ceará, após os vídeos de agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais no último domingo (11). A informação da prisão foi compartilhada através do Twitter pelo governador cearense, Camilo Santana.

"Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido", escreveu Santana. 

Relembre o caso do DJ Ivis

Na noite de domingo (11), a influencer Pamella Holanda divulgou um vídeo em que é agredida fisicamente pelo marido, DJ Ivis. As imagens foram publicadas no perfil de Pamella no Instagram e aconteceram em 1º de julho. No dia, ambos chegaram a comparecer a uma delegacia. Ivis estava com advogados e Pamella sem representação. Ela teria saído, na ocasião, antes de prestar depoimento. 

Em 3 de julho, após ter pedido medida protetiva contra Ivis, Pamella teria retornado à Polícia para ser ouvida e realizar o exame de corpo de delito. A medida, que abrange Pamella e à filha do casal, foi concedida no dia seguinte. Apesar dos vídeos registrarem as agressões do DJ contra a esposa, Ivis não foi preso de imediato. Como o Boletim de Ocorrência (BO) e o exame de corpo de delito só foram realizados dois dias após a gravação, não houve flagrante.

Pamella Holanda obteve, no entanto, medida protetiva em caráter de urgência para si mesma e para a filha Mel, uma bebê de apenas nove meses. Ivis, por orientação dos advogados, saiu de casa. Ele teria levado pertences e o dinheiro que tinha no local.

Artistas repudiam agressões de DJ Ivis

Ainda no domingo, diversos artistas se posicionaram contra as agressões registradas no vídeo. O cantor Xand Avião, cuja empresa Vybbe Produções gerenciava a carreira do DJ, anunciou a demissão do artista. Ele afirmou, também, que colocou sua equipe à disposição de Pamella.

Ex-colega de Xand na banda Aviões do Forró, a cantora Solange Almeida também prestou solidariedade a Pamella: "a qualquer sinal, denuncie", afirmou a artista. Ela falou, em vídeo, sobre se atentar a sinais de violência doméstica.

Outras celebridades também repudiaram o episódio. As cantoras Marília Mendonça, MC Rebecca, Daniela Mercury, o cantor Wesley Safadão e a vencedora do Big Brother Brasil 21 (BBB21), Juliette Freire, entre outros famosos, se pronunciaram sobre o caso. O canal de TV a cabo Multishow suspendeu a exibição de clipes das músicas do DJ.

DJ Ivis: quando começaram as agressões?

Além do registrado em vídeo, Pamella Holanda afirmou, em entrevista, que as agressões ocorriam desde quando estava grávida da filha do casal. Segundo ela, desde esta época ela passou a sofrer violência doméstica constantemente. Na mesma entrevista, a influencer afirmou que as agressões começaram após ela confrontar Ivis sobre uma suposta traição. Pamella havia recebido, de uma amiga, prints de conversas virtuais entre o DJ e uma outra mulher.

Comentários

Últimas notícias