TELEVISÃO

Mais um nome dispensado da Globo, Malu Mader voltará às telas em novo canal

Atriz está afastada das produções para a televisão há cerca de quatro anos

Nathália Pereira
Nathália Pereira
Publicado em 04/11/2021 às 22:53
Malu Mader /Foto: Reprodução
Malu Mader iniciou a carreia no teatro, no final de 1982 - FOTO: Malu Mader /Foto: Reprodução
Leitura:

Já faz alguns anos que o rosto de Malu Mader não estampa produções para a televisão, sobretudo as feitas para a TV aberta. A atriz está afastada da telinha há cerca de quatro anos. Estrela de novelas como Fera Radical (1988) e Celebridade (2003), além da aclamada série Anos Dourados (1986), Malu teve o contrato com a Rede Globo encerrado em 2018. A empresa tem adotado a política de não manter longos contratos de exclusividade, dando preferência às contratações por obra.

Na época, a atriz falou sobre a saída da emissora para o programa TV Fama, da RedeTV!. "No momento a gente precisa batalhar muito pra fazer cultura nesse país. É muita gente envolvida. Mas tô na batalha. É um aprendizado", comentou.

Leia também: A TV Globo está falindo? Saída de Grazi, Silvio de Abreu e Lázaro Ramos indica mudanças no mercado

Porém, a carreira de Malu tomará novos caminhos em breve, já que ela acabou de assinar um vínculo com o Star+, canal pertencente ao grupo Disney. Ela será um das protagonistas da série Não Foi Minha Culpa. De acordo com o colunista Leo Dias, as gravações devem começar em poucos meses. A série terá dez episódios, com elenco formado ainda por nomes como Bianca e Lorena Comparato e Armando Babaioff.

Leia também: Grazi Massafera deixa a Globo após 16 anos; saiba o rumo da atriz

35 ANOS DE TV GLOBO

Malu Mader iniciou a carreia no teatro, no final de 1982, ao participar da peça Os Doze Trabalhos de Hércules (Monteiro Lobato). Foi lá que acabou chamando a atenção do diretor Dennis Carvalho, que fez o convite para que vivesse Dóris Cantomaia, na novela Eu Prometo.

A trama estreou no ano seguinte, na TV Globo, quando Malu tinha apenas 16 anos. Permaneceu na emissora por 35 anos, até ter o vínculo finalizado em 2018.

Comentários

Últimas notícias