iniciativa

Empresa abre seleção para mentoria de marketing digital voltada a mulheres empreendedoras

A iniciativa conta com a parceria do Grupo Mulheres do Brasil, Porto Digital, Softex e do Sebrae

JC
JC
Publicado em 09/06/2020 às 9:47
Notícia
Pixabay
Apenas 8% dos investimentos financeiros do País são destinados a mulheres empreendedoras - FOTO: Pixabay
Leitura:

Apenas 8% dos investimentos financeiros do Brasil são destinados a mulheres empreendedoras. Desde 2017, elas superem o número de homens na abertura de novas empresas. Esses são alguns dos dados sobre o panorama da participação feminina nos micro e pequenos negócios no Brasil, que serviram como inspiração para a Le Fil, empresa comandada por mulheres, a criar um programa de mentoria de marketing digital específica para o segmento.

>>RioMar Recife inicia drive-thru, e clientes aprovam esquema para entrega de produtos

>>A diarista que ressignifica a faxina e se reinventa com curso online durante a pandemia

>>Com coronavírus, indústria brasileira cai 18,8% em abril, maior queda em 18 anos

O Programa Mulheres Digitais, de mentoria digital a micro e pequenas lideradas por mulheres empreendedoras, busca mitigar os efeitos da crise causada pelo novo coronavírus na economia do Estado e vai capacitar e acompanhar inicialmente 20 negócios de Pernambuco. A iniciativa conta com a parceria do Grupo Mulheres do Brasil, Porto Digital, Softex e do Sebrae, e a ideia é que, até o fim de 2020, seja estendido a 100 mulheres.

“O cenário do empreendedorismo feminino é desafiador. Há pelo menos três anos, desde 2017, mais mulheres enveredam em novos negócios, abrem suas empresas e encaram o mercado. E isso ocorre num cenário nacional em que muitas mulheres estão vulneráveis, em situação de risco e vítimas de violência doméstica. Para uma grande parcela delas, o empreendedorismo é um caminho para a independência financeira e também emocional”, afirma a sócia-fundadora da Le Fil, Socorro Macedo.

Rosário de Pompéia, diretora de operações da empresa de marketing, fala do desejo de apoiar o empreendedorismo feminino como forma de fortalecer ainda mais o protagonismo do setor na economia. “Queremos ajudar na promoção de políticas de empoderamento das mulheres através do marketing. Vamos apresentar um novo caminho de crescimento para as empresas neste momento decisivo que passamos. A crise econômica pode ser muito inspiradora também”, comenta Pompéia.

Durante as aulas, serão abordadas ferramentas como Google Meu Negócio, WhatsApp Business e Instagram para o atendimento ao cliente, divulgação e vendas. “A vida é movimento, mudanças e conexões e com esta certeza o Grupo Mulheres do Brasil formaliza parceria com a Le Fil, porque confia na comunhão de propósitos e na empresa como referência para estimular o protagonismo feminino através do marketing digital e mudança de mindset na formatação do negócio. Com esta mentoria, ganha o Grupo Mulheres do Brasil e mais ainda, ganham as integrantes do Núcleo Recife, que terão acesso a um time de elevada performance e conteúdo qualificado”, afirma a líder do Núcleo Recife das Mulheres do Brasil, Roseana Faneco.

Inscrições

As inscrições para a mentoria começam nesta segunda-feira, 1º de junho e vão até o dia 15 do mesmo mês no site. As selecionadas para o programa de empreendedorismo social vão formar duas turmas, com dez integrantes cada uma. O resultado sairá no dia 1º de julho e a primeira turma de participantes acompanhará as aulas de 6 a 10 de julho. A segunda turma será capacitada de 20 a 24 de julho.

 

Comentários

Últimas notícias