AEROPORTO

Aena quer acelerar startup

AUTOR
AUTOR
Publicado em 20/08/2020 às 6:00
Leitura:

Para encontrar soluções inovadoras e capazes de solucionar desafios do transporte aéreo no mundo, a Aena, administradora do Aeroporto Internacional do Recife, está com inscrições abertas para o seu primeiro programa de aceleração de startups. Através do Aena Ventures, a líder em gestão aeroportuária oferece às empresas disruptivas financiamento de até ¬ 50 mil (euros), o que equivale, atualmente, a mais de R$ 327 mil.

Primeira iniciativa de aceleração promovida pela Aena Ventures, o programa está aberto para a seleção de startups de todo o mundo. O foco são projetos com soluções para desafios atuais e futuros enfrentados pelo setor de transporte aéreo, cujos desenvolvimentos serão financiados pelo aporte da companhia.

O processo de aceleração selecionará cinco startups e contará com a mentoria de especialistas do setor aeroportuário que irão ajudar a orientar os projetos, além de apoio em instalações físicas e o financiamento para a implementação das soluções desenvolvidas. Os grupos com mais destaque poderão, ainda, ter a oportunidade de firmar contrato com a Aena no valor de até 2 milhões de euros, equivalente em valores atuais a mais de R$ 13 milhões, para o desenvolvimento e implantação do projeto em aeroportos selecionados.

INSCRIÇÕES

Em todo o mundo, as startups têm até o dia 14 de setembro para apresentar os projetos à Aena Ventures, que deverá iniciar o processo de aceleração ainda neste ano. Os grupos interessados podem se registrar através do site: www.aenaventures.com, e precisam se enquadrar em alguns dos seguintes eixos: Agilidade nos procedimentos e viagens ao aeroporto; Experiência do passageiro; Comunicação com o passageiro; Sustentabilidade e Bagagem em geral.

No Brasil, desde o começo de 2020, a Aena administra a concessão de seis aeroportos do Nordeste: Recife, Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE) e Maceió (AL).

 

Comentários

Últimas notícias