CORONAVÍRUS

Com retomada das atividades, comerciantes de praia terão aumento de crédito

Valor do financiamento passou dos R$ 3 mil previstos inicialmente para R$ 5 mil

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 28/08/2020 às 17:42
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Retomada dos barraqueiros na praia de Porto de galinhas. Muro Alto - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Com a retomada das atividades prevista para a próxima segunda-feira (31), comerciantes que trabalham nas praias do Estado contarão com uma linha de crédito especial maior. O anúncio foi feito pelo Governo de Pernambuco e, com a mudança, os comerciantes cadastrados como microempreendedores individuais (MEI) podem conseguir até R$ 5 mil de financiamento. 

>> Pernambuco confirma retorno do comércio nas praias

>> Leia as regras para retomada do comércio de praia em Pernambuco

O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, responsável pela iniciativa, explicou a ampliação da linha de crédito para esse público. “Inicialmente, nós anunciamos um crédito de R$ 3 mil para os comerciantes que trabalham na faixa de areia, com taxa de juros de 1,49% ao mês e três meses de carência. Ou seja, 90 dias e mais 12 meses para pagar. A novidade, agora, é que ampliamos até R$ 5 mil para quem já é cadastrado no MEI, que poderá ter acesso a um valor maior”, afirmou Lopes.

O financiamento é voltado aos comerciantes – ambulantes ou fixos – e pode ser usado para capital de giro e compra de mercadorias. Para o microempreendedor individual, as condições são de até R$ 5 mil, com 2% de taxa de juros mensais. No entanto, em ambos os casos, é necessário estar cadastrado na Prefeitura do Recife.

Dúvidas sobre o crédito podem ser esclarecidas pelo Disque AGE, no telefone 08000818081, de segunda a sexta-feira. O primeiro passo é fazer o pré-cadastro pelo site www.age.pe.gov.br, clicando no banner “Crédito Popular”. Em seguida, um agente de negócios entrará em contato com o empreendedor, agendando uma visita técnica ao seu estabelecimento ou residência.

LINHAS DE CRÉDITO

Com novas linhas de crédito, criadas para auxiliar diferentes segmentos econômicos na retomada das atividades após a pandemia do novo coronavírus, a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) ampliou ainda mais o seu papel social. O banco de fomento estadual alcançou, em julho, a marca de R$ 13,5 milhoes injetados na economia local, por meio de sua carteira de microcrédito, com mais de 6 mil empreendedores beneficiados.

O principal programa da AGE é o Crédito Popular, que já distribuiu R$ 3.747.749,01 na Região Metropolitana do Recife. A região Agreste está em primeiro lugar no volume de recursos entregues aos empreendedores. Somando as áreas Central, Meridional e Setentrional do Agreste, esse volume atingiu a marca de R$ 5.630.121,98. Em terceiro lugar estão os clientes do Sertão, que já receberam R$ 2.176.264,68. Os empreendedores das cidades da Zona da Mata Norte e Sul tiveram acesso a R$ 1.945.864,33.

Alem do Credito Popular, que segue como principal linha da AGE e está com prazo de carência de 90 dias para começar a pagar, foram disponibilizadas linhas especificas para segmentos como saloes de beleza, centros de estetica e barbearias, profissionais de odontologia e profissionais de eventos, guias de turismo, transporte escolar, quiosques de coco e comerciantes de praia, além de empresas que atuam no Polo de Confeccoes do Agreste.

Comentários

Últimas notícias