Infraestrutura

Governo federal quer tomar o controle da BR-232 de Pernambuco e realizar um novo processo de concessão

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL) moveu ação na Justiça Federal, alegando que o trecho entre Recife e São Caetano está abandonado, sem ações de manutenção por parte do governo do Estado

JC
JC
Publicado em 28/08/2020 às 20:10
Notícia
Guga Matos/Acervo JC Imagem
Condições da BR-232 preocupam motoristas que precisam trafegar pela rodovia, que já foi bem cuidada e bem sinalizada - FOTO: Guga Matos/Acervo JC Imagem
Leitura:

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, declarou que o governo federal poderá pegar de volta o controle da BR-232, que está nas mãos do Estado. Ele adiantou que está sendo estudado um modelo de concessão para as BRs 232 e 101, com expectativa de que um leilão para ofertar as rodovias à iniciativa privada aconteça em 2022. A expectativa é que seja necessário um investimento de R$ 200 milhões para realizar a manutenção do trecho Recife-São Caetano, considerado o mais crítico. Na primeira semana deste mês, o deputado federal, Fernando Rodolfo (PL), entrou com uma ação na Justiça Federal, alegando que a estrada está abandonada pelo governo de Pernambuco e sugerindo que a gestão volte para a União. 

Principal eixo rodoviário do Estado, a BR-232 liga a região metropolitana do Recife ao Agreste e foi responsável por acelerar o processo de interiorização do desenvolvimento. Considerada uma marca da gestão Jarbas Vasconcelos,  a rodovia recebeu R$ 400 milhões na obra de duplicação. A obra foi executada com dinheiro da privatização da Celpe e o Estado ficou responsável pela sua duplicação e pela sua gestão até 2027. Quem passa pela BR-232 atualmente não reconhece aquela pista nova, bem sinalizada e bem cuidada da duplicação entregue em 2004.  

"O governo federal tem interesse em reaver a BR-232 e fazer uma nova concessão. A gente sabe do problema (de falta de manutenção) e estamos agora modelando uma concessão que vai pegar a 232 e a 101. Mas é lógico que uma concessão demora um tempo para ser estruturada. Por isso, a previsão é fazer o leilão em 2022. Estamos trabalhando para ter esse recurso e tendo esse recurso vamos fazer gestões junto ao governo do Estado para pegar o trecho de volta. Não é nada que o Estado se oponha. A partir daí a gente vai entrar firme com a manutenção lá, que é o que todo mundo quer. Eu morei em Belo Jardim e trafeguei por ela, conhecemos a importância da rodovia", afirma o ministro Tarcísio Freitas.

VERSÕES

Procurada pelo JC, a secretária de Infraestrutura Fernandha Batista não se pronunciou, mas encaminhou nota por meio de sua assessoria de comunicação. "A Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco (Seinfra) informa que, no momento, está em elaboração um plano para a requalificação completa da BR-232. O tema vem sendo estudado em conjunto com o Governo Federal e deve contemplar o trecho que vai do km 4,7, no bairro do Curado, no Recife, ao km 129,9, na cidade de Caruaru, no Agreste. O investimento previsto é de R$ 100 milhões. A Seinfra informa, ainda, que, anualmente, são aportados cerca de R$ 15 milhões para a manutenção desse trecho da via, incluindo serviços de recuperação asfáltica, capinação e limpeza dos dispositivos de drenagem", diz o texto.


Comentários

Últimas notícias