Comércio de praia

Comerciantes da orla de Jaboatão poderão ter crédito de até R$ 10 mil do BNB, na retomada pós-quarentena

Depois do anúncio do governo de Pernambuco, que beneficiava apenas os comerciantes do Recife com o empréstimo, Jaboatão conseguiu o benefício por iniciativa própria junto ao banco

JC
JC
Publicado em 31/08/2020 às 21:08
Notícia
Matheus Britto/Divulgação
Número de comerciantes cadastrados pela Prefeitura de Jaboatão nas orlas de Piedade, Candeias e Barra de Jangada é de aproximadamente 250 pessoas. - FOTO: Matheus Britto/Divulgação
Leitura:

Comerciantes da orla de Jaboatão dos Guararapes começam a ter acesso, a partir desta terça-feira (1º), de uma linha de crédito do Banco do Nordeste (BNB) para a compra de produtos para abastecer o estoque. Com a reabertura do comércio nas praias autorizada pelo governo do Estado, o crédito vem como um apoio à retomada dos negócios. Na última sexta-feira (28), a gestão Paulo Câmara também havia anunciado uma linha de crédito para os comerciantes por meio da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), mas o benefício ficou limitado apenas aos barraqueiros do Recife, deixando de fora os demais municípios do litoral. 

O secretário de Desenvolvimento e Sustentabilidade de Jaboatão, Sidnei Aires, diz que o próprio município vem buscando alternativas para voltar a dinamizar a economia. "Fizemos uma parceria semelhante com a Caixa no mês passado e agora conseguimos articular com o BNB. A partir desta terça (1º), das 8h às 14h, os comerciantes podem se dirigir à Sala do Empreendedor, na Regional 6, fazer seu cadastro e saber no mesmo dia se poderá liberar o crédito. Depois disso, a expectativa é que dentro de uma semana o dinheiro seja liberado", afirma. 

Cada comerciante poderá ter acesso a até R$ 10 mil. Um funcionário do BNB estará no local para auxiliar na negociação. A linha de crédito tem uma carência de 60 dias para começar a pagar e taxa de juros de 2,20% ao mês. O número de parcelas vai depender se o comerciante quer estender mais ou pagar em um tempo mais curto.  

“Os 250 comerciantes que temos cadastrados receberam o apoio da prefeitura com a distribuição de cestas básicas, mas o importante é a retomada das atividades. Porém, é necessário o apoio financeiro para reposição de produtos e aquisição de material de trabalho. Procuramos o BNB, que compreendeu a situação, e, assim, pudemos firmar essa parceria”, reforça Aires.

Os interessados devem se dirigir à Sala do Empreendedor da Regional 6 do município, na Avenida Presidente Kennedy, 578, em Piedade, onde serão atendidos por funcionários do BNB, das 8h às 14h.

SÓ NO RECIFE

Já os comerciantes das orlas das praias do Recife cadastrados como microempreendedores poderão ter acesso a um financiamento de R$ 5 mil pela AGE. O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, responsável pela iniciativa, explica a ampliação da linha de crédito para esse público. “Inicialmente, nós anunciamos um crédito de R$ 3 mil para os comerciantes que trabalham na faixa de areia, com taxa de juros de 1,49% ao mês e três meses de carência. Ou seja, 90 dias e mais 12 meses para pagar. A novidade, agora, é que ampliamos até R$ 5 mil para quem já é cadastrado no MEI, que poderá ter acesso a um valor maior”, afirma Lopes.

O financiamento é voltado aos comerciantes – ambulantes ou fixos – e pode ser usado para capital de giro e compra de mercadorias. Para o microempreendedor individual, as condições são de até R$ 5 mil, com 2% de taxa de juros mensais. No entanto, em ambos os casos, é necessário estar cadastrado na Prefeitura do Recife.

Dúvidas sobre o crédito podem ser esclarecidas pelo Disque AGE, no telefone 08000818081, de segunda a sexta-feira. O primeiro passo é fazer o pré-cadastro pelo site www.age.pe.gov.br, clicando no banner “Crédito Popular”. Em seguida, um agente de negócios entrará em contato com o empreendedor, agendando uma visita técnica ao seu estabelecimento ou residência.

 

Comentários

Últimas notícias