Aquisição

Cimento Nacional compra operação do grupo irlandês CRH no Brasil por US$ 218 milhões

Detentora da marca Cimento Nacional e controlada pelos grupos Ricardo Brennand e Buzzi Unicem, BCPAR vai controlar mais cinco fábricas de cimento no País.

JC
JC
Publicado em 28/10/2020 às 18:11
Notícia
Divulgação/Cimento Nacional
OPORTUNIDADE Negociação acontece num momento de alta demanda por cimento no mercado nacional - FOTO: Divulgação/Cimento Nacional
Leitura:

Num momento em que o mercado de cimento no Brasil cresce a uma taxa de 21,4% (setembro), a Cimento Nacional expande sua atuação no País. Dona da marca Cimento Nacional e controlada pelos grupos Ricardo Brennad (PE) e Buzzi Unicem (Itália), a BCPAR adquiriu as cimenteiras do grupo irlandês CRH no Brasil. A negociação foi fechada por US$ 218 milhões, o equivalente a R$ 1,2 bilhão pelo câmbio atual. A conclusão do processo de compra ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). 

Com o negócio, a BCPAR praticamente dobra sua capacidade de produção de cimento e ganha terreno no mercado nacional. Atualmente a companhia conta com duas fábricas, uma em Pitimbu (PB) e outra em Sete Lagoas (MG).  O negócio com a CRH inclui três fábricas de cimento integradas e duas moagens, todas localizadas em Minas Gerais (Matozinhos, Arcos e Santa Luzia) e no Rio de Janeiro (Cantagalo), com capacidade instalada de 3,2 milhões de toneladas de cimento por ano.

DESFECHO

O grupo CHR fez sua estreia no Brasil em 2015, em plena recessão econômica, e não conseguiu avançar no País. Ao contrário do que se esperava, o mercado brasileiro não conseguiu ser relevante no negócio da empresa. O grupo já estava interessado a se desfazer do negócio, mas a pandemia atrasou o surgimento de um candidato. Com a retomada da economia pós-quarentena e o crescimento dos setores da construção civil e mercado imobiliário, o cimento voltou a ser atrativo. No Brasil, o CRH é dono das marcas cimento campeão e cimento nacional e comercializou 2,5 milhões de toneladas do produto no ano passado. 

A BCPAR foi formada há 2 anos, com a entrada dos italianos da Buzzi Unicem, que compraram uma participação de 50% por R$ 750 milhões. Até então, o grupo Ricardo Brennand era o único dono. Os italianos são players globais do setor, com 40 fábricas de cimento em mais de dez países. Em comunicado ao mercado, o grupo italiano informa que dará lastro financeiro à aquisição. 

 

Comentários

Últimas notícias