Pandemia

Shopping Centers terão horário de funcionamento ampliado em Pernambuco. Veja as mudanças

A flexibilização das atividades comerciais começa na próxima segunda-feira (21). Comércio ganhou mais tempo aberto na maior parte do Estado

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 17/06/2021 às 17:50
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
SHOPPINGS Novo horários valem para todos os dias da semana. Parte do Sertão do estado continua com restrição maior - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

As mudanças anunciadas nesta quinta-feira (17) pelo Governo de Pernambuco nos protocolos de convivência com a pandemia da covid-19, flexibilizou o horário dos shopping centers. As mudanças variam dependendo da região do estado e o período de validade também é diferente por região. 

Assim, no período de 21 de junho (próxima segunda-feira) até o dia 4 de julho, o horário de funcionamento dos shoppings center e galerias comercias foi ampliado para até as 22h nos dias de semana, e até 21h nos finais de semana e feriados. Essa regra vale para os municípios da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e Agreste, e parte do Sertão.

Foi estipulado a lotação máxima de 1 cliente para cada 5m2 no interior das lojas e 1 cliente a cada 10m2 na áreas de circulação.

artes jc
Novo plano de convivencia - artes jc

artes jc
Plano de convivencia - artes jc

RESTRIÇÃO

A macroregional 3, que envolve 35 municípios do Sertão, incluindo Afogados da ingazeira, Serra Talhada e Arcoverde, continuam com restrições maiores. Nestas cidades os shopping centers e galerias comerciais só podem funcionar até 18h, tanto nos dias de semana quanto nos finais de semana e feriados. Também foi estipulado a lotação máxima de 1 cliente para cada 5m2 no interior das lojas e 1 cliente a cada 10m2 na áreas de circulação. Nesta região, as medidas de flexibilização serão validas do dia 21 ao dia 27 de junho, quando serão reavaliadas pelo governo. 

REPERCUSSÃO

O presidente da Associação Pernambucana de Shopping Centers (Apesce), Paulo Carneiro, avaliou positivamente o avanço no plano de convivência com a Covid-19 apesar de haver, ainda, restrições para várias atividades nos shopping centers, que são ambientes controlados, com grande capacidade de oferecer segurança para todos.

"Os números de pessoas internadas vêm caindo, o que é extremamente positivo, mas somente com a aceleração da vacinação haverá as condições ideais não apenas para a ampliação de horário, mas sobretudo o funcionamento pleno, com maior capacidade. Temos condições de receber os clientes e fazer a orientação adequada. Os lojistas e seus 50 mil funcionários precisam trabalhar e gerar receitas dentro de um cenário de recuperação de todo esse tempo de dificuldades", afirmou através de nota.

O presidente da Associação Brasileira de Lojistas Shoppings, em Pernambuco (Alshop-PE), Ricardo Galdino, também comemorou o aumento no horário de funcionamento dos centros de compras, mas ele pontua que ainda há um longo caminho até a volta a normalidade. "É sempre bom saber que estamos conseguindo controlar a pandemia, o que permitiu mais tempo para o comércio trabalhar. Mas a volta ao nosso movimento normal depende de outros fatores como a imunização da maior parte da população e a redução do desemprego, que vai possibilitar um aumento na renda dos consumidores. É um alívio para o setor voltar quase ao horário normal de funcionamento, mas só teremos negócios mais sustentáveis ao longo do tempo, dependendo de como vamos avançar na saúde e na Economia", observou Galdino.

 

ARTE/JC
. - FOTO:ARTE/JC
ARTE/JC
. - FOTO:ARTE/JC

Comentários

Últimas notícias