DEMANDA

Nordestinos são os que mais consomem cuscuz nos aplicativos de comida no País

Percentual é quase quatro vezes maior do que a média nacional de preferência da iguaria

JC
JC
Publicado em 29/07/2021 às 11:13
Notícia
Leitura:

 

Não é novidade que o consumo de cuscuz é uma tradição no Nordeste. Mas além de ser preparado nas casas, o alimento também tem demanda grande pelos aplicativos de delivery de comidas. Na região, pesquisa da 99 Food em parceria com o Instituto Ipsos e Datafolha aponta que os pedidos para consumo tanto no café da manhã quanto no almoço e jantar (com acrescido de carne ou outra proteína) totalizam 22% da preferência dos clientes. A marca é muito maior que a média nacional, de 6%.

O fenômeno está ligado à disposição dos nordestino em consumirem produtos regionais. Das cinco regiões brasileiras, é o Nordeste que mais regionaliza seus pedidos de alimentos. Segundo o estudo, 83% dos entrevistados têm o costume de comer pratos típicos de seus estados. Entre as cinco regiões brasileiras, o Nordeste se destaca como a região com a mais forte ligação com sua cultura gastronômica (93%), seguida da região Sul (87%).

Entre os participantes, ainda, 41% consideram que consumir pratos locais é uma forma de valorizar a cultura de sua região, enquanto 29% entendem que a comida local os conecta com seus familiares. 

A demanda por consumo de comida típica caseira aumentou nos apps de delivery de comida. Considerada uma forma de valorização da cultura gastronômica e de conexão com as memórias afetivas familiares, a comida regional é valorizada por 83% dos brasileiros.

Consumo

Na pandemia, 64% dos brasileiros passaram a utilizar apps de entrega de comida. Num recorte por idade, os idosos tiveram um incrementos de 80%. Mais de 60% dos brasileiros pretendem manter os pedidos mesmo quando o cenário for normalizado.

O ticket médio do consumidor de apps de delivery é de R$ 27,50. A classe C, juntamente com a A/B aumentou o uso de apps de delivery em cerca de 60%

Comentários

Últimas notícias