PROTESTO

Posto de combustíveis vai vender gasolina a R$ 0,40 o litro. Entenda

A venda acontecerá no próximo dia 30, em um posto do centro de São Paulo, com distribuição de senha no local

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 28/09/2021 às 15:54
Notícia
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Movimento quer mostrar que os postos não são os responsáveis pelo encarecimento do produto - FOTO: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

A Associação Brasileira dos Revendedores de Combustíveis Independentes e Livres (AbriLivre), que congrega donos de postos bandeirados e não bandeirados em todo o País e que defendem o livre comércio de combustíveis, vai promover na próxima quinta-feira (30) a campanha Combustível Transparente, que pretende conscientizar o consumidor de que o posto não é o vilão pelos preços elevados dos combustíveis.

O movimento acontecerá em um posto de combustível localizado na zona central de São Paulo, e deve começar às 11 horas, com distribuição de senhas no local para quem quiser abastecer pagando apenas R$ 0,40 pelo litro da gasolina comum. A promoção é válida apenas para 4 mil litros do estoque, e cada veículo só poderá ser abastecido com até 10 litros.

FATURAMENTO

Segundo a associação, o valor de R$ 0,40  para cada litro de gasolina representa a margem média do lucro bruto dos postos, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). "Com esses R$ 0,40 por litro o posto paga seus funcionários, o aluguel, os tributos, as taxas ambientais e de fiscalização, luz, água e todos os demais custos operacionais. Além disso, no final do mês, tem que torcer para conseguir levar algum dinheiro para casa. A grande maioria dos postos brasileiros não chega a vender 200 mil litros por mês", enfatizou Rodrigo Zingales, diretor executivo da AbriLivre.

De acordo com Rodrigo, o objetivo da ação é mostrar ao consumidor que os postos não são os vilões do preço alto dos combustíveis e que muitas medidas precisam ser realizadas pelo governo para garantir preços mais baixos e justos aos consumidores. "Estamos fazendo esta ação para mostrar ao consumidor que os os revendedores de combustíveis não são os vilões dos preços altos e que esses valores exorbitantes prejudicam tanto o consumidor quanto os próprios postos. Isso porque as margens brutas dos postos estão cada vez menores em razão da concentração existente no mercado de distribuição, dos contratos de exclusividade, da proibição de compra direta do produtor, imposta pela ANP, além da tutela à bandeira e da política de preços da Petrobras", disse Zingales.

VARIÁVEL

O empresário André Marra, proprietário do posto onde acontecerá a ação, esclarece que o lucro do posto não é fixo pois varia de acordo com o valor comprado a cada dia. "Como o meu posto é bandeira branca, ou seja, não temos contrato de exclusividade com nenhuma distribuidora, a margem de lucro depende do valor que eu pago no combustível, que pode variar a cada dia. A margem pode ser, no dia da ação, por exemplo, de 50 centavos ou 35 centavos ", destacou.

O representante da AbriLivre ainda destacou o interesse da associação em promover mais vezes a campanha, levando mais informações e conscientização os consumidores. "Gostaríamos de replicar essa ação com maior regularidade em outros postos de SP e do Brasil, mas para isso precisaremos de donos de postos ou fornecedores de combustíveis dispostos a doar o combustível comercializado. No caso desta campanha, o proprietário do posto é um dos nossos associados e acredita nas bandeiras defendidas pela AbriLivre e em nosso país. Ele doou do seu próprio bolso o valor dos quatro mil litros vendidos ao preço médio da margem bruta de um posto, segundo avaliação da ANP", finalizou.

Comentários

Últimas notícias