PECUÁRIA

Inseminação artificial gratuita de vacas beneficia pequenos produtores rurais no Agreste de Pernambuco

O recurso une ciência e tecnologia em prol da população. A prática possibilita a melhora da qualidade genética do rebanho e visa aumentar a produtividade

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 27/10/2021 às 15:23
Notícia
Edmilson Tanaka/Divulgação
Animais são inseminados artificialmente no 2º Distrito, no sítio Olho D'água do Felix, através de iniciativa da prefeitura. - FOTO: Edmilson Tanaka/Divulgação
Leitura:

Em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, pequenos produtores rurais podem receber o serviço de inseminação artificial de bovinos de forma gratuita. A iniciativa surgiu em 2019, através da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Segundo a gestão, até o momento, mais de 150 animais já foram inseminados, beneficiando cerca de 48 famílias de criadores do campo.

 

Edmilson Tanaka/Divulgação
Animais são inseminados artificialmente no 2º Distrito, no sítio Olho D'água do Felix, através de iniciativa da prefeitura. - Edmilson Tanaka/Divulgação
Edmilson Tanaka/Divulgação
Animais são inseminados artificialmente no 2º Distrito, no sítio Olho D'água do Felix, através de iniciativa da prefeitura. - Edmilson Tanaka/Divulgação
Edmilson Tanaka/Divulgação
Sérgio Sanderson, produtor rural. - Edmilson Tanaka/Divulgação

Morador do Sítio Olho D'Água do Félix, no segundo distrito, Sérgio Sanderson cria animais e planta alimentos ao redor da sua casa. O pequeno produtor é um dos beneficiados pela inseminação artificial. “Tenho oito vacas e todas foram inseminadas. Isso é ótimo, pois o leite vem com uma maior qualidade já que o esperma é de um boi puro, de raça”, explica.

Todo o sustento da família de Sanderson vem da venda do que é produzido na terra e do leite das vacas. O ofício foi ensinado para ele pelo pai, que aprendeu do seu avô e hoje é passado para os três filhos do caruaruense. “Nasci em um sítio e criei animais a vida toda. Hoje vendo o leite em Toritama em um comércio, consigo tirar de 45 a 50 litros de leite por dia”, relata.

O recurso une ciência e tecnologia em prol do benefício da população. A prática da inseminação artificial possibilita a melhora da qualidade genética do rebanho e visa aumentar a produtividade. Com isso, há o aumento da renda dos criadores da venda de leite, bezerros e de animais para o corte, além de possibilitar que os pequenos produtores possam competir com grandes pecuaristas e se manter na atividade.

 

Edmilson Tanaka/Divulgação
Animais são inseminados artificialmente no 2º Distrito, no sítio Olho D'água do Felix, através de iniciativa da prefeitura. - Edmilson Tanaka/Divulgação
Edmilson Tanaka/Divulgação
Animais são inseminados artificialmente no 2º Distrito, no sítio Olho D'água do Felix, através de iniciativa da prefeitura. - Edmilson Tanaka/Divulgação

Para acessar o serviço, o produtor rural interessado deve entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Rural por meio do telefone (81) 3701-1455. Além disso, é possível fazer a inscrição presencial, no Bloco C da Prefeitura de Caruaru, localizado na Rua José Rafael Cavalcanti, no Bairro Pinheirópolis. O horário de atendimento vai das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Bruno França, reitera a importância da inseminação artificial para a economia. “Esse serviço de inseminação que a Prefeitura presta é muito importante para apoiar o pequeno produtor que não tem condição, pois ajuda a estimular a pecuária local e o desenvolvimento econômico da nossa zona rural, para que possa estar sempre fortalecida podendo gerar cada vez mais renda para as famílias”, afirma.

Comentários

Últimas notícias