GPTW

Prêmio GPTW destacou as melhores empresas para trabalhar em PE

A 11ª edição do GPTW PE foi realizado totalmente on-line, através do YouTube da TVJC, e reuniu as empresas e seus colaboradores

JC360
Cadastrado por
JC360
Publicado em 10/11/2021 às 18:03 | Atualizado em 11/11/2021 às 8:33
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
PREMIADAS Anne Barretto conduziu a 11ª edição do GPTW PE na tarde de ontem (10). Ao todo, 25 empresas foram premiadas - cinco de pequeno porte, quinze de médio e cinco de grande porte - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Trabalhar num ambiente excelente, com boas práticas dentro da empresa e uma cultura organizacional focada na equipe, traz benefícios não só para os funcionários. Um espaço que mantém um clima leve, descontraído e proativo pode refletir nos seus resultados a comprovação do caminho certo de uma boa gestão. E foi justamente essa atuação positiva que a 11ª edição do prêmio das Melhores Empresas Para Trabalhar em Pernambuco, realizada pela consultoria do Great Place to Work (GPTW), destacou durante o evento, que aconteceu na tarde desta quarta (10).

Por mais um ano, a cerimônia precisou ser totalmente online por causa da pandemia do coronavírus. A premiação, que contou com a apresentação de Anne Barretto, foi transmitida pelo YouTube da TVJC, com acessibilidade para quem estava assistindo. Inclusive, esta edição do prêmio foi muito especial, pois há exatos 25 anos, o GPTW divulgava o primeiro ranking de Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil.

Em Pernambuco, a premiação do GPTW, que é realizada em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), desde a sua primeira edição, em 2010, é dividida entre pequenas, médias e grandes empresas e, mesmo a distância, trouxe o reconhecimento para todas as entidades que participaram do ranking e, claro, as vencedoras.

O CEO do Great Place to Work, Ruy Shiozawa, realizou a abertura da premiação parabenizando todas as empresas que estavam presentes no ranking. E para celebrar os 25 anos do GPTW, um vídeo especial foi exibido para todos que estavam assistindo a premiação. Logo depois, foi a hora de conhecer os grandes vencedores das três categorias.

Na categoria de pequeno porte, quem levou o prêmio em Pernambuco foi a Safetec. “A gente sabe que tudo que construímos até aqui foi em conjunto. Então, esse reconhecimento, pelo segundo ano consecutivo, de estar entre as melhores de Pernambuco, só confirma o quanto estamos no caminho certo e o quanto ter pessoas engajadas e comprometidas com o nosso propósito e alinhadas a nossa cultura faz realmente a diferença. Aproveito para estender a todos do time Safetec a nossa gratidão, pois essa conquista é nossa”, disse Thereza Penna, gerente RH da Safetec, em seu discurso.

Já na categoria de médio porte, a grande vencedora foi a Thoughtworks PE. Marta Saft, diretora-presidente da entidade, foi só comemoração ao saber da conquista do prêmio. “É uma alegria muito grande pra gente hoje estarmos celebrando as melhores empresas para se trabalhar. Para Toughtworks, é um orgulho participar de múltiplos anos do Great Place to Work e fazer esse movimento de olhar para dentro, para nossas práticas e evoluir o nosso ambiente de trabalho porque cada vez mais as pessoas possam trazer e elevar o seu potencial aqui dentro, gerando impacto extraordinário, não só para o nosso negócio, mas também para o mundo em que a gente vive. E a gente fica mais feliz ainda em compartilhar esse movimento com tantas outras empresas que todos os anos se propõem a trazer esse olhar para dentro e evoluir os seus ambientes de trabalho”, disse Marta Saft.

A São José Agroindustrial finalizou a noite de premiações sendo a vencedora da categoria de grandes empresas. O momento foi de muita emoção para Frederico Vilaça, diretor-presidente da instituição. “O GPTW é um prêmio que fala sobre pessoas, por isso ele é tão importante. O reconhecimento dos nossos colaboradores é algo fundamental para o desenvolvimento da nossa empresa. Nesse período tão difícil de coronavírus, com tantos desafios que passamos a enfrentar, foi muito importante ouvir os colaboradores e procurar dar o melhor tratamento possível nas políticas internas para sempre atingir seus objetivos. A empresa tem foco nos resultados e isso só é possível alcançar com os nossos colaboradores, acreditando realmente em uma empresa que tenha um componente humano forte como diferencial. Uma empresa que seja verdadeiramente sustentável”, declarou o diretor.

 

ARTE
Nesta 11º edição do GPTW PE, 25 empresas foram premiadas, sendo 5 de pequeno porte, 15 de médio porte e 5 de grande porte - ARTE

Logo após a cerimônia, todas as empresas do ranking 2021 receberam os certificados digitais para comprovar que são um Great Place to Work. E para as entidades que possuem um CNPJ pernambucano, as inscrições para a edição de 2022 da premiação do GPTW já estão abertas.

Bons hábitos no dia a dia

A premiação do Great Place to Work eleva a importância das empresas investirem em uma base excelente de gestão e boas práticas, criando e mantendo relações de confiança com seu time, especialmente, neste momento de pandemia. A empresa, para ser um GPTW, precisa ser reconhecida como a melhor pelos seus colaboradores.

“Tanto colaboradores como líderes têm o sentimento de pertencimento e, com isso, contribuem fortemente para atingir esse objetivo, refletindo em ótimos resultados para as empresas. Como consequência, temos o crescimento e fortalecimento das empresas e a melhoria do atendimento aos clientes”, diz Mariza Quinderé, diretora geral do GPTW.

Parceria de longas datas

Para provar que realmente a união faz a força, o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação está junto ao GPTW nesta premiação, em Pernambuco, há 11 edições. Uma parceria que se fortalece ano após ano e que tem reflexos positivos nas empresas que buscam ser as melhores para se trabalhar e nas pessoas que fazem isso acontecer. 

“O Sistema Jornal do Commercio está presente nessa premiação há tantos anos por acreditar na transformação que as boas práticas no ambiente corporativo é capaz de promover. E reconhecer as Melhores Empresas para Trabalhar, de acordo com os próprios funcionários, é uma forma de tornar cada organização um lugar melhor para todos”, diz Vladimir Melo, diretor do SJCC. 

Comentários

Últimas notícias