LEILÃO

Justiça Federal leiloa dois apartamentos de luxo na Zona Sul do Recife. Veja os preços mínimos

Os imóveis estão desocupados e o comprador não terá que arcar com débitos de condomínio, IPTU, taxas e impostos até a data da venda

JC
JC
Publicado em 18/11/2021 às 15:53
Reprodução/Internet
Um dos imóveis está localizado na Avenida Boa Viagem - FOTO: Reprodução/Internet
Leitura:

A 4ª Vara da Justiça Federal de Pernambuco (JFPE) está realizando a venda, através de um leilão online, de dois apartamentos de luxo em Pernambuco, localizados na Zona Sul do Recife.

Os imóveis estão desocupados e, segundo a empresa organizadora do leilão, o comprador não terá que arcar com eventuais débitos de condomínio, IPTU e demais taxas e impostos que recaiam sobre os imóveis até a data da venda. O pagamento poderá ser a vista ou parcelado em até 30 (trinta) prestações iguais. Sendo 25% no ato da arrematação e o saldo em até 30 prestações iguais, mensais e sucessivas.

IMÓVEIS E PREÇOS

O primeiro apartamento fica na Avenida Boa Viagem, no. 3.136, no Edifício Maria Regina, no bairro Boa Viagem. Com área privativa de 343,86m, e área total de 484,722 m2, o apartamento conta com quatro suítes, além de sala para dois ambientes, varanda, dois quartos de serviço e 3 vagas de garagem. No primeiro leilão, ocorrido em dia 8 último, o apartamento estava avaliado em R$ 2.700.000. Para o leilão marcado para o dia 22 próximo (segunda-feira) o valor é de R$ 2.025.000.

O outro apartamento está localizado na Rua Setúbal 764, no Edifício Zaragoza, em Boa Viagem. Com área construída de 202m, o apartamento tem quatro quartos sociais e duas vagas de garagem. O primeiro Leilão foi encerrado com avaliação do imóvel em R$ 880.000. O segundo leilão vai até o próximo dia 22 às 10h, ou até que finalize a oferta de lances. Neste segundo leilão o valor é de R$ 660.000.

As formas e condições de pagamento deverão ser consultadas no edital e nas informações dos lotes disponíveis no site www.gracieleiloes.com.br. O responsável pelo leilão será o leiloeiro Renato Gracie.

Comentários

Últimas notícias