CONTAS

Está com dívidas? Saiba como renegociar seus débitos no mutirão do Procon Recife que começa nesta quarta (1º)

Segundo o Procon, participarão do mutirão a Compesa, bancos, empresas de telefonia móvel, a Neoenergia Pernambuco (antiga Celpe), além da própria prefeitura do Recife

Edilson Vieira Marcelo Aprígio
Edilson Vieira
Marcelo Aprígio
Publicado em 01/12/2021 às 7:55
Notícia
Daniel Tavares/PCR
A PCR informou que o atendimento será feito através de entrega de fichas a partir de 8h - FOTO: Daniel Tavares/PCR
Leitura:

Consumidores recifenses com dívidas com a Compesa, bancos, empresas de telefonia móvel, com a Neoenergia Pernambuco (antiga Celpe) e com pendências no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da capital pernambucana poderão regularizar sua situação no último mutirão do ano para negociação de dívidas vencidas promovido pelo Procon Recife.

O evento, marcado para ocorrer na unidade do Procon Recife que funciona no Compaz Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, será realizado de forma presencial nesta quarta-feira (1º) e quinta-feira (2), no período das 9h até 17h.

Segundo o Procon, participarão do mutirão a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander, Bradesco, Itaú e Banco do Nordeste. Entre as empresas de telefonia, estarão Oi, Tim, Claro e Vivo. O mutirão contará com guichês da Neoenergia Pernambuco e Compesa, onde o consumidor poderá apresentar sua dívida e negociar da melhor forma que puder para liquidá-la.

A prefeitura do Recife, por meio do Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) 2021, estará oferecendo descontos de até 100% nos juros e nas multas de débitos dos contribuintes que buscarem a negociação nas mesmas condições oferecidas no site da secretaria de finanças do município.

O secretário Executivo do Procon Recife, Pablo Bismack, destaca que o mutirão acontece em momento oportuno, levando em conta a pandemia de covid-19, que aumentou as dívidas entre as famílias, impactadas pela redução de vagas no mercado de trabalho e pela consequente perda expressiva de renda. Bismack ainda ressalta que neste mutirão a capacidade de atendimento diário deve ser de em torno de mil pessoas.

Documentos necessários

Para negociar as dívidas será necessário apresentar o número do CPF e se a negociação for feita em nome de outra pessoa, vai ser preciso também uma procuração. Uma parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vai gerar um relatório, identificando se o consumidor está inscrito no SPC e Serasa.

A PCR informou que o atendimento será feito através de entrega de fichas a partir de 8h, em quantidade necessária para respeitar os protocolos sanitários.

Comentários

Últimas notícias