passageiros prejudicados

Procon-PE notifica administradora do Aeroporto do Recife após problema na iluminação da pista

No domingo (26), um problema na iluminação da pista fez com que as operações fossem suspensas por cerca de quatro horas

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 27/06/2022 às 14:38 | Atualizado em 27/06/2022 às 16:17
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - FOTO: Sidney Lucena/JC Imagem
Leitura:

O Procon Pernambuco notificou, nesta segunda-feira (27), a Aena Brasil, que administra o Aeroporto do Recife.

No domingo (26), um problema na iluminação da pista fez com que as operações fossem suspensas por cerca de quatro horas. De pouco após as 17h até as 21h30, não houve pousos e decolagens.

Isso provocou o atraso dos voos, causando transtornos aos passageiros que tentavam sair ou chegar no Aeroporto do Recife.

"Após repercussão dos consumidores com problemas nos voos no Aeroporto Internacional do Recife, o Procon-PE, Órgão de Defesa do Consumidor de Pernambuco, notificou a administração do aeroporto, Aena Brasil, na manhã desta segunda-feira, 27/06", afirma o órgão, em nota.

"Os técnicos do órgão também notificaram as Companhias Aéreas Latam, Azul e Gol, as quais tiveram voos cancelados e atrasados, a fim de verificar o cumprimento da resolução número 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que pevê a assistência aos passageiros em caso de problemas com voos. Na ocasião, os profissionais do Procon-PE esclareceram dúvidas dos consumidores", acrescentou o Procon.

Já a Aena disse que "Toda a equipe de manutenção foi envolvida na solução do problema. A iluminação da pista dispõe de dois sistemas de baterias independentes, e ambos apresentaram problemas neste domingo. Pedimos desculpas pelos transtornos causados pela interrupção".

Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27) - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem
Sidney Lucena/JC Imagem
Movimentação no Aeroporto do Recife nesta segunda-feira (27). No domingo (26), um problema no sistema de iluminação da pista suspendeu operações do local - Sidney Lucena/JC Imagem

O empresário Paulo Henrique estava com a esposa e duas filhas quando o problema acontecia. Ele seguiria para São Paulo e precisou desembolsar R$ 680 para ficar em um hotel próximo ao aeroporto.

"Infelizmente um descaso, a gente chegou 16h30 e até 21h40, ninguém falava nada", disse, em entrevista à TV Jornal.

Uma consultora também ouvida pela reportagem informou que saiu de Viracopos com destino a Fortaleza, e há 14 horas aguarda uma solução.

"Eu tinha um compromisso ontem em Fortaleza, para hoje de manhã já estar trabalhando. Sou consultora, ganho por dia", lamentou.

Pelo menos 10 voos previstos para sair do Recife atrasaram e outros 12 foram cancelados, de acordo com informações do site da Aena. Três voos que chegariam à capital pernambucana foram cancelados.

Regras da Anac

De acordo com a Resolução nº 400/2016 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), se a empresa cancelar o voo, os passageiros têm direito de escolher entre reacomodação, reembolso integral do valor pago ou execução por outras modalidades. O mesmo é válido para atraso por mais de quatro horas.

Embora não seja obrigado, o passageiro pode aceitar o reembolso em crédito, mas o valor e o prazo de validade do crédito precisam ser negociados entre ele e a empresa aérea. Em qualquer caso, a empresa tem 7 dias para fazer o reembolso, contados a partir do pedido do passageiro.

Comentários

Últimas notícias