Paraguai

Antes de prestar depoimento, Ronaldinho Gaúcho tira foto com comissário-chefe da polícia paraguaia

A foto foi publicada pelo próprio agente de polícia e divulgada pela rede ABC TV

Larissa Lira
Larissa Lira
Publicado em 05/03/2020 às 15:30
Notícia
Divulgação - ABC TV
Ronaldinho Gaúcho tirou a foto com o comissário-chefe da polícia metropolitana de Assunção enquanto aguardava para prestar depoimento - FOTO: Divulgação - ABC TV
Leitura:

Após ser detido com passaporte falso no Paraguai, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho passou por mais uma polêmica. Nesta quinta-feira (5), enquanto aguardava para prestar depoimento na sede do Ministério Público, o jogador tirou uma foto ao lado do comissário-chefe da polícia metropolitana de Assunção, Miguel López.

A foto foi publicada pelo próprio agente de polícia e divulgada pela rede ABC TV. Após repercussão negativa, Miguel López pediu desculpas pela ação.

Nessa quarta-feira (4), Ronaldinho e o irmão tinham entrado no país vizinho com passaportes falsos.

Passaporte retido

Em novembro de 2018 o ex-ídolo da seleção brasileira teve seu passaporte retido por não pagar uma multa ambiental milionária. Sem o passaporte brasileiro, Ronaldinho não pode deixar o Brasil, exceto para países integrantes do Mercosul. 

Embaixador do turismo

Em 2019, o ex-jogador recebeu o título de embaixador do turismo brasileiro. A função é voluntária, não prevê remuneração e faz parte de um programa da Embratur, no qual personalidades exercem o papel de embaixadoras de atrações turísticas do Brasil.

Marcos Corrêa | PR
O presidente Jair Bolsonaro e o embaixador do turismo e ex-jogador Ronaldinho Gaúcho - FOTO:Marcos Corrêa | PR

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias