Nordestão

Esquema de segurança para Sport x Santa Cruz reforçado neste sábado (7)

Partida será o primeiro encontro das duas equipes desde a invasão da festa de 106 anos do Santa Cruz por torcedores do Sport

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 06/03/2020 às 15:54
Notícia
BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Sport e Santa Cruz fazem o primeiro Clássico das Multidões da temporada - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Leitura:

O clássico entre Sport e Santa Cruz, a partir das 16h deste sábado (7), na Ilha do Retiro, pela sexta rodada da Copa do Nordeste, será o primeiro encontro das duas equipes desde a invasão da festa de 106 anos do time coral por torcedores do Sport, em fevereiro. Como as torcidas organizadas continuam nos estádios com outras camisas, apesar da extinção pela Justiça poucos dias após o episódio, a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) vai atuar na segurança da partida com quase 500 policiais. O efetivo será distribuído dentro e fora do estádio rubro-negro.

O primeiro clássico no qual vigorou a determinação da Justiça pelo fim das uniformizadas foi o duelo entre Santa Cruz e Náutico, domingo passado, no Arruda, pela sétima rodada do Campeonato Pernambucano. Contatada pela reportagem do Jornal do Commercio, a PMPE declarou não ter havido qualquer registro de ocorrência sobre violência de torcedores. Mas um estudante de 17 anos deu entrada na emergência do Hospital Esperança, logo depois da partida, com fraturas na face, decorrentes do espancamento sofrido por torcedores do Náutico.

“Não é do dia para noite e apenas com a adoção de uma medida (a extinção das torcidas organizadas) que o problema vai ser resolvido. Vai levar um bom tempo ainda para que haja uma conscientização, mas as instituições despertaram. Estão trabalhando juntas e conseguindo que a adoção de outras medidas ocorram pelo fim do problema. Mas é algo que leva tempo”, analisou o promotor do Juizado Especial do Torcedor (Jetepe), José Bispo.

Para tentar assegurar a paz no Clássico das Multidões de hoje, a PMPE terá 112 homens do Batalhão de Choque atuando dentro da Ilha do Retiro. Já as áreas externas, incluindo as principais vias de acesso ao palco do Clássico das Multidões, serão monitorados por 385 policiais do 12° batalhão. Esses PMs também farão a segurança dos torcedores nas estações do metrô e terminais integrados de passageiros. Pontos que contarão, inclusive, com guarnições para o patrulhamento motorizado, com o objetivo de inibir a ação dos vândalos.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), toda a operação policial será monitorada por oficiais da Corporação no Centro Integrado de Controle e Comando Regional, por meio de câmeras de segurança.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias