Santa Cruz

Constantino Junior projeta Santa Cruz forte na reta final do Nordestão

Tricolor enfrenta Botafogo-PB e River-PI nas próximas rodadas da Copa do Nordeste

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 09/03/2020 às 12:23
Notícia
Acervo JC Imagem
No momento, Santa Cruz é o sexto do grupo B com sete pontos - Acervo JC Imagem
Leitura:

Com a derrota por 1x0 no clássico contra o Sport, o Santa Cruz perdeu a chance de entrar na zona de classificação para o mata-mata da Copa do Nordeste. Caso o Tricolor tivesse ao menos empatado com o Leão, já seria o quarto colocado, já que o Imperatriz perdeu para o Botafogo-PB. E caso tivesse conquistado três pontos na Ilha do Retiro, hoje estaria na terceira posição, pois o Vitória não saiu do empate diante do ABC. Agora, o Santa precisa vencer os próximos dois jogos para ter chance de avançar à próxima fase do torneio.

E a reação do Santa Cruz pode começar já nesta quinta-feira. Isso porque o Tricolor recebe o Botafogo-PB, que é o líder do grupo A com 12 pontos, à frente de clubes como Bahia, Fortaleza e Sport - que são times de Série A. Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente do Santa, Constantino Júnior, projetou um time forte na reta final da competição.

"A gente vai entrar forte nesta reta final de Copa do Nordeste. São dois jogos (Botafogo-PB e River-PI) que decidem nosso destino. A própria rodada nos ajudou, então a gente têm condições de ganhando esses dois jogos chegar em 13 pontos, que é o nosso objetivo. Claro que é jogo a jogo. Temos um jogo muito difícil na quinta-feira contra o Botafogo-PB, que é o líder do outro grupo, mas nos nossos domínios temos que tomar as rédeas da partidas, fazer os três pontos e aí chegar na última rodada com chances de classificação", disse o mandatário.

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA

LESÕES

No Clássico das Multidões, o Santa Cruz não contou com Paulinho e Pipico, que estavam lesionados. Dois titulares absolutos e que certamente fizeram falta ao Tricolor. "Lesão faz parte. A gente sabe que num ritmo alucinante de jogos como esse desgasta os atletas. Claro que a gente não sabe quem vai lesionar, mas que vão existir lesões. A gente teve um índice pequeno de lesões, mas agora apareceu um pouco mais muito por consequência desse ritmo de jogos", disse o presidente Constantino Junior.

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias