Fim de carreira

Menos de 24h após ser anunciado pelo Audax, MC Livinho desiste do futebol

Funkeiro assinou contrato com o clube de Osasco até o final da Série A2 do Campeonato Paulista

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 10/03/2020 às 14:57
Notícia
 Jefferson Vieira/Oeste FC
Antes de ter a contratação relâmpago anunciada no Audax, MC Livinho fez testes no Oeste, de Barueri - FOTO: Jefferson Vieira/Oeste FC
Leitura:

Nem começou e já acabou. Menos de 24h após ser anunciado como o novo reforço do Osasco Audax para a Série A2 do Campeonato Paulista, o funkeiro MC Livinho, de 25 anos, declinou da nova carreira. A desistência foi informada por meio de um comunicado publicado nas redes sociais de seus representantes. A alegação apresentada seria que o artista não tem agenda para conciliar os compromissos musicais com os dos gramados. Já o  clube de Osasco afirmou que o rompimento se deu unilateralmente pelas pessoas que gerenciam a carreira de Livinho.

Antes de ser anunciado no Osasco Audax, o funkeiro já tinha passado por período de testes no Oeste de Barueri e o acerto só não foi firmado por questões de agenda. Ser jogador de futebol sempre foi um sonho de Livinho, que começou carreira no funk aos 14 anos e, apesar das tentativas no futebol, não teria encontrado oportunidade.

O contrato com o clube de São Paulo foi assinado pelo funkeiro no dia 2 deste mês, com vigência até 31 de maio deste ano. O nome de Livinho, inclusive, chegou a ser publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

A coletiva de imprensa para a apresentação do funkeito/jogador estava marcada para esta terça-feira (10), mas foi cancelada pela assessoria de imprensa de Livinho. Logo depois, o Audax foi informado da desistência do artista de fazer parte do elenco profissional do clube.

"O Grêmio Osasco Audax foi informado que o MC Livinho foi impedido de seguir seu sonho de se tornar jogador, por conflito de agenda entre seus dois caminhos profissionais. O Clube lamenta os transtornos gerados pelo desencontro de informações e está disposto a colaborar para maiores esclarecimentos", diz parte da nota oficial do clube.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias