coronavírus

Primeira etapa do Mundial de Surfe é cancelada por conta do coronavírus

A Liga Mundial de Surfe anunciou na noite da quinta-feira o cancelamento da etapa de Gold Coast, na Austrália, que seria realizada entre 26 de março e 5 de abril

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 13/03/2020 às 10:10
Notícia
TONY HELF/WSL
Gabriel Medina quer o tricampeonato do circuito mundial de surfe da World Surf League . - FOTO: TONY HELF/WSL
Leitura:

O Circuito Mundial de Surfe teve sua primeira etapa cancelada por conta do coronavírus. A Liga Mundial de Surfe, (a WSL, sigla em inglês) anunciou na noite da quinta-feira o cancelamento da etapa de Gold Coast, na Austrália. A janela de disputas aconteceria entre 26 deste mês e 5 de abril.

A WSL alegou que tomou a decisão de cancelar todos os eventos marcados para o mês de março, incluindo das divisões de acesso, com base na declaração de pandemia, feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e também em decisões e declarações de autoridades de saúde pública de diversos países.

"O coronavírus está tendo consequências maciças nos eventos esportivos e nos eventos que reúnem muita gente, e não será diferente conosco", declarou Erik Logan, CEO da liga. "A saúde e a segurança dos atletas, fãs e funcionários são primordiais para nós. Estamos em contato próximo com todos os atletas e sentimos que esta é a melhor decisão neste momento."

Com a decisão, o brasileiro Ítalo Ferreira só iniciará a defesa do título mundial na segunda etapa, também em solo australiano, em Bells Beach, entre os dias 8 e 18 de abril. A WSL, contudo, deixou claro que o restante do calendário ainda poderá ser afetado pela pandemia.

Comentários

Últimas notícias