Automobilismo

GPs da Holanda, Espanha e Mônaco também são adiados por causa do coronavírus

Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1 não definiram datas para a realização das provas adiadas

AFP
AFP
Publicado em 19/03/2020 às 15:36
Notícia
Foto: Mark Thompson/AFP
Atrás do companheiro de equipe no campeonato, Hamilton vem embalado após ganhar o GP de Mônaco - FOTO: Foto: Mark Thompson/AFP
Leitura:

Os Grandes Prêmios da Holanda, Espanha e Mônaco, que deviam ocorrer em maio, foi adiado para datas indeterminadas, anunciaram nesta quinta-feira a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1, promotora da F1.

"Devido à natureza evolutiva da situação na luta contra a Covid-19 no mundo, a Fórmula 1, a FIA e os três promotores (dos grandes prêmios) tomaram essa decisão para garantir a saúde e a segurança dos funcionários, participantes e fãs do campeonato, que continua sendo nossa primeira preocupação", afirmou o comunicado.

Com esses três novos adiamentos, nenhum dos sete grandes prêmios da temporada da F1 será disputado dentro do cronograma, já que o da Austrália, que deveria ter ocorrido em 15 de março, foi cancelado, enquanto o de Bahrein, programado para 22 de março, foi adiada, assim como o GP do Vietnã (5 de abril) e da China (19 de abril).

O Grande Prêmio da Holanda seria realizado inicialmente em 3 de maio no circuito de Zandvoort, retornando assim ao calendário da F1 após vários anos de ausência. O Grande Prêmio da Espanha aconteceria no circuito de Montmeló, perto de Barcelona, no dia 10 de maio, e em 24 de maio, haveria o GP de Mônaco, no circuito do Principado.

De acordo com o cronograma atual, o Grande Prêmio do Azerbaijão, em Baku, em 7 de junho, é o que pode abrir a temporada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias