Fórmula 1

De acordo com diretor da Ferrari, temporada da F1 pode ser finalizada em janeiro de 2021

Primeira corrida da temporada está prevista inicialmente para junho

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 01/04/2020 às 9:14
Notícia
AFP
A primeira corrida deve acontecer na Áustria e sem a presença do público - FOTO: AFP
Leitura:

A pandemia mundial do novo coronavírus vem afetando o mundo todo. E a Fórmula 1 não passou ilesa, já que a COVID-19 causou o cancelamento dos GPs da Austrália e Mônaco. Além disso, as outras corridas programadas foram adiadas. Inicialmente a temporada da F1 está prevista para começar no dia 14 de junho no Canadá. Regularmente, são 22 GPs por época, mas esse número pode reduzir para entre 15 ou 18, como disse o diretor-executivo da Fórmula 1, Chase Carey, no início desta semana.

Em entrevista à Sky Sports da Itália, o diretor da Ferrari, Mattia Binotto, a temporada da F1 pode ser finalizada em janeiro. "Decidimos dar total liberdade em termos de tempo. Estamos vendo diversas opções. Se for adiada uma corrida após a outra, poderemos ter dois ou três GPs em janeiro", pontuou.

LEIA MAIS

Escuderias da F1 não poderão trabalhar neste ano nos carros de 2022

 

Coronavírus: chefe da Red Bull sugere contaminação proposital para os pilotos

 

China não permite reinício de eventos esportivos por temor a nova onda de coronavírus

 

'Tive falta de ar por 25 minutos', diz goleiro espanhol sobre drama por conta do coronavírus

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias