futebol

Internacional Board autoriza Fifa permitir até cinco substituições

Federações deverão adequar regulamento às novas determinações, caso desejem. Medida é provisória e prevê uma sexta substituição em caso de prorrogação

AFP
AFP
Publicado em 08/05/2020 às 12:25
Notícia
DIVULGAÇÃO
Fifa propõe cinco substituições por partida após paralisação - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A International Board, responsável pelas regras do futebol, autorizou nesta sexta-feira (8) o aumento de três para cinco substituições por partida para aliviar o esforço dos jogadores, uma medida provisória que será aplicada a partir da retomada das competições suspensas devido à pandemia de coronavírus.

A emenda à Lei 3 do jogo, que entra "imediatamente em vigor", será aplicada às competições até o fim de 2020, desde que os organizadores das competições adotem a medida.

Prorrogação

A International Board e a Fifa explicaram que determinarão posteriormente se a opção pode ser prolongada até o fim de 2021, e portanto ser aplicada durante a Eurocopa e a Copa América, adiadas de 2020 para 2021.

Uma sexta substituição será possível durante eventuais prorrogações.

Esta mudança para cinco substituições deverá entrar em vigor imediatamente na Alemanha, onde a Bundesliga retomará seus jogos com portões fechados a partir de 16 de maio, após anúncio na quinta-feira (7) da Liga Alemã de Futebol (DFL), depois de dois meses de suspensão, o que eleva o risco de lesões.

<< Holanda só quer liberar jogos com público quando houver vacina para covid-19

<

Esta decisão ajudará as equipes a "lidar com um calendário condensado e condições meteorológicas diferentes, dois elementos que poderiam ter um impacto no bem-estar dos jogadores", completaram a Fifa e a Internacional Board.

As substituições poderão ser realizadas em três interrupções do jogo, assim como no intervalo, para evitar "perturbar demais o andamento da partida".

Após a autorização de uma quarta mudança, mas somente na prorrogação, em vigor desde a Copa do Mundo da Rússia de 2018, esta nova medida pode revolucionar a gestão das equipes, aproximando o futebol de outros esportes com múltiplas trocas de jogadores, como o rugby ou o basquete.

A Fifa e a International Board deixaram a critérios dos organizadores o uso do VAR assim que as competições forem reiniciadas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias