Seminal

Salgueiro atropela Afogados e enfrenta Santa Cruz na final do Estadual

As finais entre Santa Cruz e Salgueiro acontecem no domingo e na quarta-feira

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 30/07/2020 às 21:15
Notícia

CLÁUDIO GOMES/AFOGADOS
Salgueiro venceu Afogados com tranquilidade - FOTO: CLÁUDIO GOMES/AFOGADOS
Leitura:

O Salgueiro não sofreu para passar pelo Afogados na semifinal do Pernambucano. Nesta quinta-feira, no estádio Cornélio de Barros, o Carcará bateu por 3x0 a Coruja na decisão sertaneja. Os gols da partida foram marcados pelo meia Tarcísio, o volante Willian Daltro e o atacante João Paulo, sobrinho do ex-atacante Leonardo e revelado pelo Náutico.

Com o resultado, o Salgueiro vai enfrentar o Santa Cruz na final do Pernambucano. O primeiro jogo acontece sob mando de campo do Carcará. Líder da primeira fase, a Cobra Coral tem a vantagem. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) ainda decidirá os locais dos confrontos. Os embates estão marcados para o próximo domingo e a quarta-feira.

>>> Acompanhe lance a lance da vitória do Salgueiro em cima do Afogados

Além de poder brigar pelo título, o Salgueiro também conquistou uma vaga na Copa do Brasil da próxima temporada. Dessa maneira, o já eliminado Retrô herdou a possibilidade de disputar o torneio nacional pela primeira vez.

Mérito do Carcará que não deixou o Afogados crescer na partida. Bem postado defensivamente, o Salgueiro aproveitou os vacilos do adversário e foi eficiente na conclusão das jogadas.

O JOGO

A decisão sertaneja começou bastante disputa e com a marcação muito forte das duas equipes. Enquanto o Afogados buscou trabalhar a bola buscando uma infiltração, o Salgueiro explorava as bolas pelas laterais e o jogo aéreo. E na bola parada o Carcará, que mostrou boa postura defensiva, conseguiu abrir o placar.

Aos 15 minutos, o atacante Ciel cobrou o escanteio, a defesa da Coruja não subiu e o meia Tarcísio apareceu para completar o lance, de cabeça, e balançar a rede. O Afogados não se intimidou mesmo em desvantagem. Numa boa investida pelo lado esquerdo de atacante, o meia Júnior Mandacaru invadiu a grande área e bateu cruzado.

Tanto o Salgueiro quanto o Afogados não diminuíram o volume de jogo. Porém, erraram bastante no último terço de campo. Além disso, paravam muito os lances com faltas no meio-campo. Até o fim da primeira etapa do jogo, nenhuma das duas equipes conseguiram criar jogadas perigosas de gol.

Depois do intervalo, com a vantagem, o Carcará voltou determinado a garantir a vitória. Pressionando a Coruja, não demorou para obter êxito. Após forte investida, aos 10, a defesa do Afogados afastou mal e o volante Willian Daltro acertou um chutaço da meia lua da grande área no canto do goleiro Wallef.

Se não fosse um erro da arbitragem, a vaga do Salgueiro na final do Pernambucano contra o Santa Cruz estaria sacramentada antes dos 20 minutos. Em boa troca de passes, o atacante Ciel invadiu a grande área livre e cruzou rasteiro para o meia Tarcísio, livre, completar para o fundo da rede. No entanto, o impedimento foi assinalado.

Bem na partida, o Carcará administrou o resultado e esperou um erro do adversário para cravar o triunfo. Já o Afogados pressionou os donos da casa, mas errou bastante o último passe. Quando sofreu o primeiro contra-ataque, o Salgueiro não perdoou e garantiu a vaga na decisão. Aos 29, o atacante João Paulo foi lançado pela ponta direita, cortou o marcador e fuzilou o fundo do gol.

FICHA DO JOGO - SALGUEIRO 3X0 AFOGADOS

Salgueiro - César Tanaka; Sinho (Dadinha), Ranieri, Arthur e Daniel; Bruno Sena, Willian Daltro (Raimundinho) e Tarcísio (João Paulo); Renato, Ciel (Muller Fernandes) e Alisson (Thomas Anderson). Técnico: Daniel Neri.

Afogados - Wallef; Guilherme, Heverton Luís (Erivelton), Edivan e Rogerinho (Thalison); Diego Teles, Escuro, Júnior Mandacaru e Candinho (Grafite); Evair (Tiago Bagagem) e Rodrigo (Guedes). Técnico: Pedro Manta.

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior. Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré e John Andson Alves Ribeiro. Gols: Tarcísio aos 8 minutos do 1º tempo, Willian Daltro aos 10 minutos do 2º tempo e João Paulo aos 29 minutos do 2º tempo. Cartões amarelos: Sinho, Willian Daltro e Tanaka (Salgueiro). Evair, Grafite e Tiago Bagagem (Afogados).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias